21 de outubro de 2015

O que esperar da Globo ?

Quem me dá a alegria, a honra, o prestígio, o prazer de acompanhar este blog, sabe que desde 2013 critico veementemente  as Organizações Globo (aqui doravante apenas Globo), pelo nojento, covarde e desnecessário editorial publicado em agosto de 2013, quando se arrependeu do apoio dado ao governo militar que se instalou no país em 1964.

Ninguém melhor do que Sylvia Moretzshon, em "Observatório da Imprensa", analisou este episódio triste e vergonhoso. Leiam em:

Ora, tenho sido criticado pelas criticas ao Sistema Globo, sob argumentos os mais pífios, tais como: as novelas têm produção de nível internacional; o jornalismo da emissora tem ótimos profissionais; o jornal impresso tem ótimos articulistas e é um dos mais lidos do país ...

E um argumento mais pragmático que é o seguinte: a atividade econômica, o negócio, exige geração de receita, e as refeitas oriundas do governo, direta e indiretamente, são importantíssimas. 

Estas pessoas referem-se às mentirosas, enganosas (para utilizar expressão da lei de defesa do consumido), propagandas de obras públicas, de estatais e empresas mistas.

O padrão de qualidade exige receita alta. Dizem aquelas  pessoas.

Está bem, só para argumentar admitamos a justificativa da guinada atender aos interesses financeiros.

Mas porque a Globo, igualmente, não rejeita o enorme patrimônio que construiu ajudando a defender a economia de mercado, a livre iniciativa, em suma o regime capitalista, que eram os objetivos da revolução militar e que por todos aqueles anos a emissora do plim-plim aplaudiu?

A isto chamo de oportunismo. Ou seja, o rei morreu, viva o rei! Acabou o período  de governo comandado pelos militares?  Então fora os militares, pedras nos militares como se fossem a Geni. Sim porque a Globo abriu enorme espaço para a ridícula comissão da verdade (verdade relativa, parcial, pela visão dos perdedores).

Vá lá que seja, falou mais alto o interesse financeiro, prevaleceu o mercantilismo, o mercenarismo, e a Globo foi para a cama com o governo petista.

Gente, a Globo vendeu o jornalismo, não foram só os espaços comerciais.

Mas pergunto se não há um mínimo de escrúpulo nesta adesão. Ela é irrestrita? Mesmo depois que vieram à tona todos os escândalos de corrupção deste (des)governo (ou seria quadrilha), que tomou o poder, misturando fisiologia com ideologia.

Governo no qual além de sugar recursos públicos, por meios ilícitos, para os cofres de partidos aliados e movimentos que atuam afrontando as leis vigentes, com o MST e outros igualmente patrocinados pelo governo, os dirigentes também se locupletam ?

Exemplo? José Dirceu que enriqueceu, segundo julgamento, que não é meu, mas da Suprema Corte de Justiça do país, por conta de desvios fraudulentos apurados no processo chamado mensalão, e agora, como tudo indica, também no petrolão.

Será que a Globo não se envergonha de patrocinar este governo? Não tem um minimo de dignidade? De vergonha?

Não era o caso de vir a público, desde já, e não aguardar anos como fez para manifestar repulsa aos militares, e fazer um editorial de arrependimento?

Coisinha simples, tipo: "Gente, nós pensávamos que o PT teria conduta  ilibada, combatendo a corrupção, propondo redução da miséria e das desigualdades sociais, faria uma política econômica diferente dos governos anteriores, mas qual o quê, eles não se revelaram farinha do mesmo saco, são piores."

Os bancos, por exemplo, que deveriam ter sido alvos preferenciais do PT, porque são uma atividade parasitária, única que fica acima e alem das crises, antes pelo contrário lucrando ainda mais com elas, foram blindados e continuam praticando agiotagem com CNPJ e balanços publicados.

E revelam lucros indecentes. Nem nos USA, parâmetro de capitalismo, as instituições financeiras ganham tanto dinheiro.

E a Globo com isso? Tudo a ver. 

Nota do editor: dignidade, identidade, defesa de valores, mesmo as organizações de imprensa devem incorporar. Assinei durante anos o jornal O Globo, porque me identificava com a linha editorial, eles defendiam valores que eu respeitava. 

Para não esquecer do episódio triste e vergonhoso do jornalismo dos Marinho.
http://observatoriodaimprensa.com.br/jornal-de-debates/_ed762_a_autocritica_como_autodefesa/

15 comentários:

Paulo Bouhid disse...

Povo alienado: pão e circo...

Ah, atenção: já começaram os ensaios das escolas de samba para o carnaval de 2016...

Humberto Firmo disse...

A Globo, claro, é a pior.
Mas lembra-se da Bandeirantes quando começou?
inovando, competindo, veja hoje o que se tornou.
As outras nem falo, já nasceram erradas.

Jorge Carrano disse...

Implico mais com a Globo pela penetração, índices de audiência. E também, admito, porque fiquei indignado com o malsinado editorial através do qual "se arrependeu" de apoiar os governos militares.
Obrigado pelo pitaco, Humberto.

Jorge Carrano disse...

Verifico que você se inscreveu como seguidor, caro Humberto.
Que legal, espero que não se decepcione.
O blog tem bons momentos e outros nem tanto, como em tudo na vida.

Carlos Frederico disse...

Sobre o blog, minha versão:

- Generalidades, portanto não há um foco único no teor das postagens. Uns assuntos interessam mais que outros, às vezes por conta do momento em que é publicado. Pelo acervo, nota-se a grande variedade. Além disso, na área de comentários não raro temas paralelos são abertos. Começam a ser tratados e dissecados com afinco, criando quase que um post dentro do post, sem ligação alguma com o tema central.

- Especializadas: vez por outra algum assunto é tratado com mais profundidade. Vai cativar o tipo de leitor que por ele se interesse especificamente, mas pode ser maçante para outros. O acervo se torna, nesse caso, um bom repositório para pesquisa. É comum postagens antigas serem usadas como referência para novas, o que ressalta sua importância no todo.

Um desdobramento é que, mesmo quando o tema central não nos interessar em particular, dar várias olhadelas no blog ao longo do dia pode trazer boas surpresas. Na área de comentários, a mesa virtual do Pub Berê, os visitantes podem estar empenhados em algum novo debate acalorado!

Como diria Dr. Spock: "live long and prosper, G.E."

Jorge Carrano disse...

Obrigado, Freddy. Para todos nós.

Paulo Bouhid disse...

"As pessoas ligam a televisão quando querem desligar o cérebro." (Steve Jobs)

"Para mim, a televisão é muito instrutiva. Quando alguém a liga, corro à estante e pego um bom livro para ler." (Groucho Marx)

"Televisão é um aparelho que permite às pessoas que não têm nada para fazer observar as pessoas que não sabem fazer nada." (Fred Allen)

"A televisão tornou-se um estado dentro do Estado, uma escola acima das escolas e uma forma subliminar e assustadora de manipulação de mentes." (Florestan Fernandes)

Jorge Carrano disse...

Já estou fazendo contato com a OLX. Vou desapegar (rsrsrs).

São duas LED, quem se interessa?

Carlos Frederico disse...

Consegui criar aqui em casa uma mentalidade de que só se liga a TV para ver algo específico. Terminado o evento, desliga. Mesmo na era das grandes telenovelas, a gente ligava quando começava e desligava ao terminar. A TV não fica ligada a esmo.

É vero que os smartphones e tablets alteraram nossos hábitos cotidianos. Agora temos internet-maníacos. E desse rótulo nem eu posso deixar de admitir ter...

Flávia e Renata, minhas filhas, também aprenderam com o convívio. Quem se deu pior foi Renata, que casou com um TV-maníaco e jogador inveterado de videogames. Quando ele está em casa, a TV fica ligada direto. Na casa dele, quero dizer porque, quando me visita, ele usa seu tablet com headphone para seus jogos e filmes por streaming.
<:o)


Paulo Bouhid disse...

Jorge, o pior é que não estão transmitindo jogo da UEFA. O jeito é ver no computador...

Jorge Carrano disse...

Na renegociação dos direitos de transmissão, este ano, a UEFA e os canais e operadoras não chegaram ao valor pretendido. Um grupo adquiriu as direitos e ficaram de fora ESPN, FOX Sports e Sport TV, que são os que tenho contratados via SKY.

Na rodada passada a Band transmitiu.

Jorge Carrano disse...

Nova tentativa de impeachment.

Vamos ver se o Cunha faz o papel dele, como presidente da Câmara, sem pretender inovar ritos, para que o STF não barre a tramitação no Congresso.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/10/juristas-e-oposicao-entregam-novo-pedido-de-impeachment-de-dilma.html

Jorge Carrano disse...

PSG: Thiago Silva, Marquinhos, Maxwell, Thiago Motta, Lucas.

Real Madrid: Danilo, Marcelo, Casemiro.

0X0 mas não foi chato. Foi bem disputado.

Oito jogadores brasileiros disputando uma partida da Champions League europeia. Quando é que teremos aqui no continente uma competição deste nível? A começar por um gramado como o do Parc des Princes?

Jorge Carrano disse...

Rede Globo tem queda acentuada de receita oriunda do governo federal:

http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2016/07/06/governo-cortou-r-206-milhoes-em-publicidade-da-tv-globo-em-2015/

Jorge Carrano disse...

Olha no que deu a conivência da Globo com a roubalheira do PT, na Petrobrás e no Grupo JBS: uma das maiores e piores crises econômicas do país, por causa da corrupção desenfreada. E a Globo na cama com o PT de Lula e Dilma.

https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2017/06/27/celeiro-de-atores-malhacao-tem-salarios-achatados-nos-ultimos-7-anos.htm