10 de outubro de 2015

DIVAGAÇÕES

Levei anos para compreender que as podas que meu fazia tinham por objetivo me fortalecer.

Quando ele cortava o galho da preguiça, o da falta de capricho, do desleixo no estudo, do dia inteiro na rua nas brincadeiras (escambida, carniça, peladas, guerra de atiradeira e outras), estava fortalecendo os ramos da responsabilidade, da disciplina, do respeito, da ética e da moral.

Por isso, cabotinismo à parte, cresci reto, forte de caráter, personalidade bem trabalhada, responsável e confiável.

Este é apenas um dos motivos pelos quais  defendo, por adoção, ardorosamente, a tese (que não é minha) de que crianças precisam de limites e responsabilidades. Para que sejam adultos socialmente integrados, confiantes em si mesmos, em suas potencialidades, e prescindam de terapias.

Era só o que faltava, agora poderemos visitar nossos entes queridos, que deixaram a vida neste mundo, de forma virtual, sem sair de casa. Assim é que já foi disponibilizado, no Google Street Viewo Cemitério de São João Batista.

Além de visitar os túmulos de personalidades famosas, poderemos, também, fazer visitinhas mais frequentes  à última morada de parentes e amigos que deixaram saudade. Ou que deles restou aqui neste mundo. Se e quando o recurso estiver disponível para outros cemitérios.

O blog tem 1.821 posts publicados, em 6 anos de existência. Está na hora de viver dos dividendos. Neste rol de postagens estão contemplados os mais variados assuntos. Como já acontece vez ou outra, alguém pesquisando na rede é direcionado para o blog porque o tema pesquisado já foi objeto de matéria aqui.

Pretendo doravante viver dos  comentários que estes internautas venham a fazer, o que me leva a moderar e, eventualmente, replicar. Chamo a isso viver dos dividendos, ou colher os frutos das mudas  plantadas.

Já estamos em outubro e Papai Noel não deu as caras nos veículos de comunicação. Ainda estamos livres do indefectível Jingle Bells. E da vinheta da Globo. Por que será? A crise ou o pessimismo reinante?

Tirante o bico, olhando de relance, um filhote de bem-te-vi poderia fazer a folga de um canário da terra (fêmea). Por isso agora ponho em dúvida se o pássaro que vi rapidamente, quando o ônibus passou diante do canteiro que separa as vias, na Rua Visconde de Rio Branco, e eté foi objeto de post, era mesmo um canário.


Canário
Bem-te-vi


Depois de crescidos fica mais fácil constatar  a diferença. Assim como acontece com algumas crianças. Depois que crescem revelam sua verdadeira personalidade.

Cada vez mais trabalho cada vez menos. Além das limitações que me impus, sob o peso da idade, perdi a capacidade de conviver e digerir a mesquinhez humana, as disputas por bens entre irmãos, a inveja e a cobiça e em especial as vergonhosas e deprimentes brigas entre casais. 

Advogar na área do direito de família é conviver com conflitos e atitudes menores, rancorosas; é como estar num laboratório de estudo da degradação humana. As pessoas se revelam, ou as suas piores faces.

Lembra um pouco o "Ensaio sobre a cegueira", um dos ótimos livros de José Saramago.

No direito orfanológico/sucessório a sordidez, a avareza, a mesquinhez, muitas vezes provocam disputas que ao fim e ao cabo prejudicam a todos os envolvidos, não se lhes acrescentando coisa alguma senão mágoas e sofrimentos. 

E também nos faz rever conceitos de felicidade, de prazer. Quando por vezes ficamos sabendo, por dever de ofício, de dramas familiares, de tristezas e vergonhas de nomes conhecidos, bem posicionados economicamente e socialmente, agradecemos pela família que temos.

São casos tristes de descaminhos de filhos, de deficiências físicas irrecuperáveis (malgrado todo o dinheiro), de desvios de rumo, como filhos entregues ao vício, filhas que se entregam ao primeiro aventureiro que as seduz, traições, enfim toda uma sorte de angústias e tristezas que não sei se o dinheiro compensa.

Ou seja, aquele que lhe causa inveja pelos iates, pelos lamborghinis, pelo apartamento em Paris, casa em condomínio exclusivo em Angra, ou uma ilha, talvez trocasse tudo (ou boa parte) por ter uma família mais unida, mais centrada.



A felicidade, em geral, não está na riqueza material.

Advogar é viver em conflito, quando se tem escrúpulos, sentido de justiça e um mínimo de dignidade. É difícil saber o que é justiça, quando existem direitos definidos em lei.

Ora vejam só, poderosos, neste meio de semana, disputando eliminatórias de copa do mundo e eurocopa perderam feio: Brasil, Alemanha e Argentina. Surpresas do futebol.

Em contrapartida, para minha alegria, estrelas do Arsenal brilharam intensamente: Sanchez, no Chile; Cazorla, na Espanha; e Walcott, na Inglaterra jogaram muito bem e fizeram gols para suas seleções.




14 comentários:

Jorge Carrano disse...

Queixamo-nos de enormes engarrafamentos, em especial em São Paulo. Eu mesmo fiquei retido das 07:30 às 19:00 horas, na Marginal Pinheiros, em 1994. A Ponte Rio-Niterói, nos feriadões fica um horror.
Mas li que na China, um engarrafamento levou 5 DIAS para se desenrolar.
Lá tudo é mega mesmo!

Riva disse...

No Twitter estão dizendo que Papai Noel não vem de vermelho esse ano por aqui. Troca de roupa antes de aterrissar no Brasil, para não ser confundido.

Faz sentido ....

Jorge Carrano disse...

Faz todo o sentido...
E ainda tem a coisa da "Estrela" de Belém. E o que ele carrega no saco? Muito suspeito.

Riva Jiboiando disse...

Tirante o Brasil (parafraseando o blogueiro), parece que definitivamente o ser humano está de mal com a vida. Como tem gente ruim entre nós. Essa barbárie na Turquia hoje nos entristece cada vez mais. Está difícil abrir as manchetes hoje ....

Nosso amigo Lá de Cima podia muito bem dar umas deletadas seletivas. A humanidade super agradeceria. Não esquecendo de Brasília, naturalmente ....

As sabiás aacalmaram, ou cansaram, sei lá. Até em seu mundo, por aqui, estão em guerra com os Bem-Te-Vis numa acirrada disputa por território. E o que não falta é mata !! Será que contaminamos as aves ?

Jorge Carrano disse...

Os sabiás, ou as sabiás (parece que as duas formas são corretas), são páreo para os bem-te-vis. Já os pardais, coitados, estão gradativamente sendo eliminados. Estão em extinção. Não que façam muita falta (há quem defenda que todos os seres vivos fazem falta), assim como pombos.Não há alimentos para todos e os pardais, menores, levaram a pior. Entre humanos, excetuando Davi, que enfrentou Golias, também é assim.

Riva disse...

Estamos em dúvida se os 3 ovinhos no ninho em nossa jardineira são de sabiás (como foram de outra vez), ou se são de maritacas.

Estamos achando os ovos meio grandinhos para uma sabiá (rsrsrsrs), e maritacas surgiram perto da janela, como se estivessem nos patrulhando - como petralhas. Mas não eram vermelhas, era, verdes com pintas amarelas !!




Jorge Carrano disse...

Maritacas são barulhentas, Riva.
Veja e ouça nesta vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=bz0JQLyZVyQ

Quando morei em Ribeirão Preto-SP, quase diariamente observava um bando que passava sobre minha casa fazendo fuzarca.

Carlos Frederico disse...

No condomínio onde moramos no Cônego tinha muita maritaca.
Já no Parcville tinha bastante sabiá - e eram grandes!
Minha sugestão é nem chegar perto para não modificar o cheiro do ambiente. Se os ovos chegarem a eclodir, qualquer proximidade humana fará os bichinhos morrerem de fome por medo dos pais em se aproximar...

No texto original, foram abertas tantas frentes de debate que nem sei por onde começar. A mais complicada, decerto, é ter de usar conceitos frios da lei para conduzir conflitos familiares, cheios de rancores e mentiras (ou meias verdades). Para dar um exemplo frágil, um comportamento meio sadomasoquista num embate sexual entre amantes, aceitável enquanto existe amor, pode virar agressão demoníaca no tatame judicial...

Dar limites a crianças hoje é tão complicado quanto coexistir com tabus de outrora que hoje são cotidiano. Fora o desconhecimento do mal que as amenidades do progresso podem trazer ao desenvolvimento das crianças.

Papai Noel nem virá. Mandará drones com os presentes de quem tiver dinheiro para adquiri-los. Recomenda-se não deixar sapatos nem meias nas janelas, e trancar com grades as entradas de lareira (onde existirem). O amigo do alheio é mais certo aparecer que o bom velhinho...
Abraços
Freddy

Riva disse...

mas as sabiás não apareceram na jardineira até agora ! só as maritacas ....

Aguardemos ...

PS : pastora Suzana Richthofen é nomeada presidente da comissão da seguridade e família ..... fui ali me enforcar !!

BRASIL BANDIDO, BRASIL de MERDA !!

Riva disse...

Deleta comentário anterior .... notícia de 2013 .... falha técnica

Jorge Carrano disse...

Em 2015 ou 2013, tanto faz, Riva.
Esta notícia é estarrecedora. Quem planeja o assassinato dos próprios pais, enquanto estes dormiam, por motivos torpes, num pais sério seria condenada a morte ou, no mínimo, prisão perpétua.
Fala a verdade, um bicho deste tem direito a convivência com a sociedade? Talvez no Butantã, com outras peçonhentas.

Jorge Carrano disse...

E hoje, segunda-feira, dia 12, jogando contra a Lituânia a Inglaterra meteu 3X0, com um gol de Chamberlain, também do Arsenal.
A campanha da Inglaterra durante as eliminatórias para a Euro, foi impecável: 100%.

Jorge Carrano disse...

Lula quer insinuar que os fins justificam os meios.
Por isso admitiu as pedaladas de Dilma:

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/10/lula-diz-que-dilma-fez-pedaladas-para-pagar-bolsa-familia-e-minha-casa.html

Pode isso, Arnaldo?

Jorge Carrano disse...

Depois das derrotas da Argentina para o Equador, do Brasil para o Chile, da Alemanha pra a Irlanda, agora foi a vez da Holanda fazer vexame. Perdeu, em casa, para a República Tcheca e ficará fora da próxima Eurocopa.