21 de outubro de 2020

ELA MERECE

 


Ela foi, durante anos, a musa da área esportiva do blog. Comparada (por mim) a Kim Novak e Vera Fischer, no quesito beleza, ela adquiriu uma propriedade de 50.000 m², em Summerland, California, que será seu refúgio de aposentada das quadras de tênis.

Combinando alta performance esportiva e beleza física, foi inquestionavelmente cantada em prosa e verso aqui neste espaço virtual.

Coloco a seguir apenas fotos externas de sua mansão. Se tiver curiosidade de conhecer detalhes internos acesse o link abaixo:

https://casavogue.globo.com/Interiores/Casas-de-famosos/noticia/2020/10/maria-sharapova-compra-mansao-por-r-50-milhoes.html



Maria Sharapova

Kim Novak

Vara Fischer


Mansão comprada pela tenista vitoriosa:
















18 de outubro de 2020

DESEJOS REVISADOS

 


Por

Ana Maria Carrano




Lendo o comentário* do Riva no post "Natureza II", especialmente o rol dos lugares a serem visitados no pós pandemia, lembrei da lista que elaborei há uns 10 ou 12 anos, contendo as coisas que gostaria de fazer antes de morrer.

Claro que tinha assistido o filme "Antes de partir" que me impactou com o tema e com a magnífica atuação dos protagonistas. 

Jack Nicholson e Morgan Freeman são dois atores excepcionais e o filme aborda a relação de dois homens unidos pelo mesmo veredicto de uma doença terminal.

Duas pessoas com temperamento e estilo de vida opostos que são compelidos a dividir o mesmo quarto no hospital.

O personagem do Nicholson é um milionário dono inclusive do Hospital onde estão internados. Para manter sua fama de administrador exigente e imparcial, resolveu  criar uma regra que ninguém receberia atendimento diferenciado no nosocômio de sua propriedade. Com isso foi colocado no mesmo espaço que um mecânico com padrão econômico muito diferente do seu.

O filme aborda o início de relação complicado entre um homem prepotente e um um cidadão comum. 

É este que se distrai elaborando uma lista de desejos que atrai a atenção do companheiro de quarto que propõe que embarquem juntos na aventura.

Naquela ocasião (o filme é de 2007), eu estava ainda em revisão do  tratamento da neoplasia que tive em 1999. A identificação com os personagens e a compreensão que tinha algumas coisas que gostaria ter feito e não fizera até aquela data, me motivaram a elaborar uma relação  do que desejava fazer antes de partir.

Não acho necessário reproduzir aqui a tal listinha, porque a importância de cada item é muito pessoal e emocional.

Eram eventos referentes a relacionamentos pessoais e religiosos, tipo rever uma amiga distante e conhecer a réplica da última casa de Santa Maria, mãe de Jesus, na cidade de Natividade - RJ.

Tudo coerente com meu modo de viver, conforme citei em um comentário.

Mais de 10 anos se passaram e o comentário do Riva me fez recordar que tenho ainda uns 3 itens pendentes.

Acho que vou refrescar a lista e realizar cada um dos desejos assim que puder.

 


Nota da redação: * o comentário citado pela autora está em

https://jorgecarrano.blogspot.com/2020/10/natureza-ii.html?showComment=1602611664543#c6474890163590726546

10 de outubro de 2020

NATUREZA II

 


SANTORINI - Grécia

Santorini é uma das ilhas Cíclades no Mar Ageu. Ela foi devastada por uma erupção vulcânica no século 16 A.C., moldando para sempre sua paisagem ondulada. As casas brancas, em forma de cubo, das 2 principais cidades, Fira e Oia, ficam nas encostas acima da caldeira (cratera) submersa. Elas avistam o mar, as ilhas menores a oeste e as praias, constituídas de seixos de lava pretos, vermelhos e brancos.



The Twelve Apostles Marine National Park  - Victoria - Australia

Is a protected marine national park located on the south-west coast of Victoria, Australia. The 7,500-hectare (19,000-acre) marine park is situated near Port Campbell and is named after the scenic The Twelve Apostles rock stacks, and contains the wreck of the clipper Loch Ard, wrecked on Mutton Bird Island in 1878. The marine park borders Port Campbell and Great Otway National Parks.



Honister Pass - Cumbria - Inglaterra

Is a mountain pass in the English Lake District. It is located on the B5289 road, linking Seatoller, in the valley of Borrowdale, to Gatesgarth at the southern end of Buttermere. The pass reaches an altitude of 1,167 feet (356 m), making it one of the highest in the region, and also one of the steepest, with gradients of up to 1-in-4 (25%). The saddle at the watershed is known as Honister Hause, using the Cumbrian word hause for such a feature.

Honister Pass is one of three passes that link the tourist area around Keswick, including Derwent Water and Borrowdale, with the valley of the River Cocker, including the lakes of Buttermere, Crummock Water and Loweswater. From north to south these passes are Whinlatter PassNewlands Pass and Honister Pass.




Monte Kilimanjaro  - Tanzânia

El monte Kilimanjaro se situa en el norte de Tanzania, junto a la frontera con Kenia. Es el punto más alto de África, con una altitud de 5895 m. Este antiguo volcán, con la cumbre cubierta de nieves eternas (o perpetuas), se levanta en medio de una planicie de la sabana, ofreciendo un espectáculo único. El monte y las selvas circundantes, con un área de 75.353 ha poseen una fauna rica, incluyendo muchas especies amenazadas de extinción. Constituye el Parque Nacional del Kilimanjaro, fue inscrito por la Unesco en el año 1987 en la lista de los lugares que son Patrimonio de la Humanidad.

El complejo del Monte Kilimanjaro con sus selvas, había sido considerado como una reserva de caza por el gobierno colonial alemán a principios del siglo XX, en 1921 fue ya considerado como reserva forestal, hasta que, en 1973, fue declarado como Parque Nacional.




Floresta Karri no Parque Nacional Greater Beedelup, Austrália Ocidental

As árvores ao longo da rodovia na imagem são Eucalyptus diversicolors,mais conhecidas como árvores karri ou eucaliptos. As karris são comuns nas regiões mais úmidas do sul da Austrália Ocidental. São as árvores mais altas do estado e estão entre as mais altas do mundo. Dizem que alguns desses eucaliptos altíssimos chegam a atingir colossais 90 metros de altura. Apenas um quinto do crescimento da mata virgem de karri permanece e uma série de parques nacionais foram estabelecidos, em parte, para proteger os extraordinários bosques de gigantes. A faixa que vemos aqui passa por uma parte do Parque Nacional Greater Beedelup, uma reserva natural que também possui uma cachoeira cênica entre as árvores.







Mata Atlântica - Brasil

A Mata Atlântica é um bioma de floresta tropical que abrange a costa leste, sudeste e sul do Brasil, leste do Paraguai e a província de Misiones, na Argentina. Seus processos ecológicos evoluíram a partir do Eoceno, quando os continentes já estavam relativamente dispostos como estão hoje. A região é ocupada por seres humanos há mais de 10 000 anos. A partir da colonização europeia, e principalmente, no século XX, a Mata Atlântica passou por intenso desmatamento, restando menos de 20% da cobertura vegetal original.


Parque Nacional Masai MaraQUÊNIA - Àfrica

Gnus-de-cauda-preta no Parque Nacional Masai Mara, Quênia.
Cerca de 30% da Reserva Nacional Masai Mara fica no Triângulo de Mara. Segundo consta, a parte sudoeste do famoso santuário queniano abriga mais animais selvagens que as demais. Nos mais de 500 quilômetros quadrados do triângulo, zebras, girafas, guepardos e gnus-de-cauda-preta (estes do grupo que está pastando na foto) circulam livremente. E o mesmo acontece com os "cinco grandes"; com efeito, a organização de gestão ambiental sem fins lucrativos Mara Conservancy afirma que, num bom dia, é possível avistar todas as cinco espécies numa área de menos de 3 quilômetros quadrados do Triângulo de Mara A organização gerencia este ecossistema rico e diversificado com critério, trabalhando inclusive na repressão de caçadores clandestinos.

6 de outubro de 2020

UM POUCO DE FUTEBOL

                                           




Por
RIVA




Sorry meninas, sei que vocês não curtem muito futebol, mas de repente se interessam em discutir o contexto.

Vamos lá … Não vou falar do que não entendi, ou seja, das recentes derrotas do Manchester City de 5 e do Liverpool de 7 !! Bem como não entendi o Barcelona tomar de 8 e o Brasil de 7 em casa numa Copa do Mundo. Mas se me apertarem muito eu diria que, tendo jogado 21 anos de futebol Master, e a diferença é a dimensão dos campos, pode ter sido um mix de soberba com desatenção com falta de estratégia e com desânimo natural diante de um dia ruim. O futebol proporciona isso, coisa rara num time de basquete.

Mas meu foco hoje aqui é a grande diferença do futebol arte das décadas anteriores a 90 e o futebol praticado hoje.

Nós brasileiros assistimos durante pelo menos uns 40 anos nossos habilidosos jogadores desequilibrarem partidas de futebol, e até ganharem Copas do Mundo com atuações individuais espetaculares, como Pelé em 58, Garrincha em 62, com o timaço de 70. Vimos Maradona dar uma Copa à Argentina. Clubes de futebol também tiveram suas grandes conquistas devidas aos craques dos seus times.

Timaço de 1970

Não é mais assim. Não existe mais essa de “gringo de cintura dura”. Existe sim uma enorme diferença de dedicação/estudo/treinamento/profissionalismo principalmente no nível dos treinadores europeus. É simplesmente um massacre a diferença de nível de um treinador europeu e um brasileiro.

Jürgen Klopp
Estou lendo o livro do Klopp, alemão famoso por sua dedicação a treinamentos e estratégias de futebol. Já assisti entrevistas de alguns jogadores brasileiros que saíram do Brasil pra jogar na Europa, e contaram como é o trabalho deles por lá. Um exemplo ridículo do que estou falando … o elenco do Fluminense treina ou de 10h ao meio dia ou de 15:30h às 17:30h, e não trabalha às 2as. feiras. Os jogadores na Europa entram pra treinar às 9 ou 10h da manhã e só voltam para casa no início da noite. Eu trabalho pelo menos 8 horas por dia !

Jorge Smpaoli
No Twitter chamam nossos atletas daqui de vagabundos, sem noção do que é trabalho, do que é ser profissional. Treinadores cospem fogo quando se insinua a qualidade dos treinadores europeus, atestada recentemente com o sucesso "Daquele Time do Mal" em 2019, e com o Sampaoli esse ano no Galo.

A obsessão do time do Galo pela posse da bola e por atacar é intensa os 90 minutos de uma partida. E o elenco não tem estrelas, tem guerreiros, incentivados e orientados por um profundo conhecedor de futebol, por um cara que exerce liderança sobre todos, que joga com a faca nos dentes. Mas acima de tudo, um estudioso do que faz. Atualizado, dedicado à sua profissão.

Dizem, e é verdade, que um jogador afastado por algum motivo por um bom tempo, perde o tempo da bola, fica perdido em campo.

Pergunto : Há quanto tempo o Tite (treinador do Brasil) não sente o cheiro da grama ?

Isso não faz diferença ? Caiamos na real …. não somos mais protagonistas de nada, muito menos em futebol.

A Amazônia ainda é nossa, por enquanto ….

5 de outubro de 2020

NATUREZA


Está aí um pensamento que endosso com convicção. Você pode discordar e eu respeitarei.


Tem coisa mais bela?  Exemplo de convivência harmoniosa de diferentes espécies, reciprocamente auxiliares, cada qual com sua função e conjunto visualmente deslumbrante:

                                            MATA ATLÂNTICA 






Água e pedras. Sol e neblina. A parasita encontra generosa hospedeira. As mais elevadas sombreando as menores, mais sensíveis ao sol, as folhas mortas adubando o solo, tornando-o sempre rico em nutrientes. E no subsolo as minhocas ajudam na fertilização da terra.

O limo nas pedras, os cogumelos, os fármacos naturais, os antídotos e os venenos ... tudo está ali. 

Por que descemos das árvores?



3 de outubro de 2020

De sabiás a saxofones

 



 Por

RIVA



Depois de sete meses de confinamento, resolvemos subir a serra e matar a saudade da nossa casinha em Friburgo. 

Viagem tranquila, sem nenhuma parada estratégica. Combinamos de levar tudo para nossos cafés da manhã e delivery para almoço e jantar nos nossos restaurantes preferenciais, a Pensão da Mariquinha e o La Bamba. 

Estava tudo Ok , energia, água, gás, interfone, menos a … Sky ! Estava quase enlouquecendo, mas o técnico veio no dia seguinte e constatou uma desconexão no vizinho de baixo. Ufa !! Mas perdi o fantástico debate Trump x Biden (rs). 

Vocês não podem ouvir, mas não sei como essas sabiás conseguem cantar o dia inteiro sem parar. Chega às raias da irritação kkkkkkkkkkkkk. E tem realmente alguma luta por territórios, porque é uma sinfonia delas contra maritacas escandalosas e bem-te-vis, tudo na mesma mata. Podiam arranjar outra mata ! 

A comida aqui é maravilhosa, já escrevi que é o único lugar no planeta onde se faz algo parecido com a cozinha da minha avó Carolina. A Mariquinha ! Feijão, tutu, arroz, bifinhos batidos acebolados, couve refogada, bolinhos de batata baroa, pastéis de boi ralado e camarão, pudim de tapioca e de doce de leite, abobrinha refogada, filé de linguado a milanesa, etc, etc…. 

Preço imbatível ! Hoje, por exemplo, pagamos 64 reais para almoço, lanche da tarde e jantar para um casal. E ainda ganhamos Guaravitas de brinde. 

A cidade está “estranha”. O Country Club só recebe sócios, visitantes não entram, o clube do nosso condomínio está fechado, e a passarada está que está. Já tínhamos percebido esse fenômeno em Nikity, com o retorno de andorinhas, pardais, rolinhas, abelhas atrevidas, imaginem então aqui em Friburgo. O dia inteiro sob o canto das sabiás, com o saxofone de um jazz ao fundo, que é o que tenho ouvido ultimamente, sem saber nomes de músicas e de artistas. 

Meu home office é diário, reuniões financeiras, com meu celular roteando o sinal para o meu laptop, pois não tenho wifi aqui. 

Não sabemos quando desceremos a serra, mas tudo indica domingo. 

Até lá, então !





 



2 de outubro de 2020

Poeira ou lama, eis a questão

 

Na última postagem coloquei um vídeo com projetos de obras na cidade, que visam melhorar o fluxo do trânsito, organização urbana e racionalização do uso do solo. E, claro, embelezar modernizando.

Embora nem sempre a modernização implique embelezamento.

Em comentário referi os transtornos que venho experimentando numa das vias públicas. Não somente eu, mas também os transeuntes em geral, sejam pedestres sejam motorizados.

Estas obras que já duram dois meses já apresentou fases piores, com enormes buracos nas calçadas, dos dois lados. Imagino que para colocação de equipamentos de energia e comunicações, já que o projeto prevê aterramento de toda a fiação hoje aérea.

Entrar e sair das garagens nos edifícios exigia passar sobre tábuas, como mata-burros.


Calçada defronte ao prédio, vista da parte interna da edificação. 


Nas duas fotos seguintes, visão da calçada defronte ao prédio, vista de fora. Uma mais próxima outra mais afastada. Observem que o meio-fio já foi colocado.






Na esquina da Paulo Alves, com Tiradentes e Fagundes Varela, com Bradesco de um lado e Drogaria Pacheco do outro, o caos total.










Abaixo, na direção do Bradesco, na esquina. A esquerda a Igreja Batista do Ingá. observem as calçadas destruídas, enorme risco de torção nos pés. Se faz sol muita poeira, se chove, lamaçal.




Houve um momento no início da obra, que restou apenas uma faixa de rolamento de veículos o que causava enormes engarrafamentos, já que esta artéria é corredor de passagem em direção ao centro da cidade.