19 de novembro de 2018

Bolsonaro na veia



Votei em Bolsonaro para ajudar a alijar o PT do poder. Se o macaco Tião tivesse alguma chance, ou a rinoceronte Cacareco, teriam sido uma opção a considerar.

Os outros candidatos, com todo o respeito, não teriam prestígio, carisma, força política e coragem para enfrentar os comunas tupiniquins

Abomino o PT porque  abriga corruptos, comunistas de araque, oportunistas, intelectuais de meia pataca e artistas parasitas que mamam nas tetas do governo.

E seus eleitores, tirante claro estes fisiologistas acima citados, são genericamente pobres coitados, usados como massa de manobra, comprados com migalhas rotuladas de benefícios sociais.

O sistema de bolsas os mantêm cativos, dependentes do governo, sempre na linha da pobreza achando que estão sendo amparados e protegidos.

Programas de geração de emprego e renda, que é bom, nada. Ações de capacitação e qualificação profissional, que seria o ideal para dar-lhes dignidade e orgulho de poderem se manter com o fruto de seus esforços, nada.

Bem, chega de malhar o PT e os petistas. Eles merecem desprezo, ostracismo, extinção porque são nocivos, virulentos, desprezíveis porque vivem da miséria humana. Abutres, chacais e hienas, disfarçados de humanos.

Bem, voltando ao Bolsonaro, que era para mim um voto de protesto contra Lula e seus asseclas, agora se revela um homem com espirito público, preocupado com o futuro do país, dotado de valores éticos e morais há muito abandonados no Brasil.

Antes mesmo de tomar posse já obtém êxitos dignos de encômios como as questões dos médicos cubanos e asilo ao Cesare Battisti. Fora daqui!!!

 O programa “Mais Médicos” como arquitetado num conluio entre o governo petista e o ditador cubano, é uma clara forma do Brasil financiar a ditadura cubana.

Sem contar o risco que corremos de “doutrinadores”, alguns até militares disfarçados, fazerem lavagem cerebral na gente humilde do interior do país, incutindo-lhes ideologia de esquerda, o bolivarianismo cujo resultado é visível na Venezuela. Aquele Maduro já deveria ter caído de podre.

Outra aberração é, por ato do Lula, o tal assassino italiano – Cesare Battisti – ser exilado político aqui no Brasil. O cara é, em face da Justiça italiana, um criminoso comum.

Estas ações patrocinadas pelo PT de Lula et caterva já foram exaustivamente criticadas aqui no blog, com textos meus e outros que recebi ou pincei na internet. Desde 2013. Acessem alguns exemplos:


https://jorgecarrano.blogspot.com/2013/07/medicos-cubanos-uma-fraude.html



https://jorgecarrano.blogspot.com/2013/06/ainda-o-engodo-dos-medicos-cubanos.html


https://jorgecarrano.blogspot.com/2014/07/o-ministerio-da-saude-adverte-cuidado.html



Sobre o assassino italiano, tipo de gente de perfil petista, também já escrevi, desde 2011, tudo que penso e sinto.



Agora com mais esperanças, pelas medidas já anunciadas e pelos efeitos já obtidos antes mesmo de ter a caneta na mão, coloco minhas fichas no Bolsonaro.

Boa sorte para nós!

Notas:
1) Nada contra médicos cubanos, ou de outras origens, desde que submetidos a exames de capacitação e residam no país com suas famílias.

2) O STF tem um pouco de culpa na permanência do Battisti, aqui no Brasil. Mas esta composição do STF, cá para nós, tem um dos níveis mais baixos da história daquela Corte de Justiça.

3) O time que está sendo formado pelo Bolsonaro, se bem dirigido, poderá se tornar vencedor.

4) Identificaram a capataz cubana, que controla os escravos que vieram para o Brasil.
http://www.perito.med.br/2014/02/capataz-de-cubanos-descoberta.html?spref=fb&m=1

5) O post estava pronto e programado para publicação quando  recebi por e-mail, por coincidência, um ganho do governo Bolsonaro antes mesmo da sua instalação. A  criação de cerca de 8 mil novos empregos para brasileiros: médicos.




17 de novembro de 2018

Uma viagem de PÃO, AMOR & FANTASIA ... again





Por 
RIVA









Escrevi “again” porque o título é o mesmo do post de 13 de maio de 2015, nossa última viagem a Orlando. Com essa de agora completamos nossa 10ª viagem à Terra dos Sonhos, um lugar onde a magia e a alegria nos contagiam e nos fazem ser crianças novamente. Vou tentar sintetizar a matéria, com informações mais relevantes.

Em relação aos voos de ida e/ou volta, evitem escalas antes de chegar a Orlando. São cansativas, risco da mala não chegar e de atrasos. Nessa viagem, nossa escala na ida em Miami estava prevista para 4 horas, que se transformaram em 7 horas ... por maior e interessante que seja o aeroporto de Miami, não vale a pena. É muito tempo.

Aeroporto

American Airlines: serviço de bordo padrão americano, simples em atendimento e refeições (pasta ou chicken? Rsrsrs). Ótimas opções na TV individual – filmes, jogos, música, informações de vôo em tempo real.
Um detalhe importante : a configuração desse enorme Boeing 777 é 3-4-3 poltronas. Mas escolhemos sempre as 3 últimas fileiras (36, 37 ou 38) porque tem somente duas poltronas junto à janela ; muito mais conforto e privacidade.

Atenção: cada passageiro tem direito a levar até 2 malas com 23 kg cada. Se passar desse peso, multa de 100 dólares cada. E dentro do avião, cada um só tem direito a 2 bagagens – mochila, bolsa, maleta, pacote/embalagem, etc.

Check in no aeroporto e Imigração (aduana): estão 100% automatizados. Você mesmo coloca as informações numa máquina/totem. Há sempre a opção da língua portuguesa, não se preocupe.

A escolha do hotel é complicada pois existem centenas de boas ofertas. Conversem com alguém que tenha experiência nessa viagem para uma boa escolha, em função de preço, conforto, serviços e localização.

Holel

Alugar carro ?
Se for a Orlando para ir aos parques e fechar com compras nos Outlets (maravilhosos), não precisa alugar um carro. O hotel oferece serviço de transporte gratuito para tudo, com horários programados. Caso contrário, alugue. Nós sempre alugamos porque gostamos de andar por tudo quanto é lugar, outras cidades próximas de Orlando, xeretar tudo mesmo, fora dos circuitos turísticos.
As rodovias e ruas nos EUA são muito bem sinalizadas, e o aluguel de um GPS ou o uso do GoogleMaps no telefone é perfeito para quem não conhece a cidade. Eu adoro o GMaps, super preciso, excelente mesmo.

Pedágios ?
Os carros vêm com um dispositivo no vidro da frente, com um interruptor que liga-desliga. Eu prefiro pagar (máximo de 19 dólares por mês) para poder ligar o dispositivo e passar direto nas praças de pedágio (use a pista certa de quem não vai pagar na hora). A conta vem depois para você, no seu cartão de crédito.

Internet no telefone : compramos aqui no Brasil o chip da T-Mobile. Escolha seu plano e é só colocar o chip no telefone lá. Funciona na mesma hora, sem configurações. Internet 4G excelente em qualquer lugar !

Nossa viagem, dessa vez, tinha os seguintes objetivos:

- encontrar nosso filho Breno e sua esposa Alina. Ele não ia a Orlando desde 97 e ela nunca tinha ido aos EUA. Ficamos juntos por 7 dos nossos 15 dias.
- ir a 4 parques : Islands of Adventure, Universal, Epcot e Animal Kingdom
- compras nos outlets espetaculares em preços, qualidade e diversidade de produtos.
- gastronomia sempre !!

Reencontro: Isa, esposa do autor, com o filho Breno

O autor e sua esposa Isa com o filho Breno e a nora Alina

Informações diversas sobre os parques :

- estacionamento é pago, preço de US$ 25 por dia em todos os parques.
- baixe no seu smartphone o aplicativo de cada parque, para você saber o tempo de espera em cada atração lá, e planejar melhor seu dia dentro do parque.
- na entrada dos parques tem guia impresso em várias línguas, inclusive a nossa.
- você pode levar seu lanche, para evitar gastar grana lá dentro com refeições e lanches.
- procure chegar sempre um pouco antes do horário de abertura (geralmente 9h), e vá logo para a atração que tem o maior tempo de espera.
- todo parque te dá opções de fastpass (um ingresso com horário pré marcado por você no App do smartphone, e você entra direto). Você também pode entrar como single rider, ou seja, se separa do seu grupo para entrar sozinho. É muito mais rápida a espera.

Disney Springs

Disney Springs

Disney Springs

Para entender melhor cada parque, use a internet, pois tem todas as informações. Use também o YouTube, com dezenas de filmes bacanas feitos por brasileiros, com muitas dicas para todos nós.

México em Epcot


O autor e sua esposa no Epcot


Escolhemos o EPCOT porque gostamos demais desse parque e seus festivais. Nesse período estava tendo o FOOD & WINE FESTIVAL. Muito legal !
Além dos sites existentes de vários países, tinha estandes extras de vários outros países – inclusive o Brasil – com suas comidas  e bebidas típicas. Tem muitos shows nesse festival, geralmente de bandas dos anos 60. No dia em que fomos o show era do The Hooters.

Animal Kingdon
O ANIMAL KINGDOM foi escolhido em função da sua novíssima atração – o simulador AVATAR. Pessoal, simplesmente sensacional. Estava com uma fila de espera de 2 horas.

ISLAND OF ADVENTURE e UNIVERSAL foram escolhidos por Breno e Alina.

Em todos os parques ficamos o dia inteiro, muito para brincar e ver.
Cansa ? Sim, mas deixa para descansar no hotel ...rsrsrs.
Simuladores diversos, montanhas russas, shows, uma loucura fantástica de alegria e diversão. No caso do Animal Kingdom, dá para terminar às 19h e ainda ir para uma “noitada”.

Restaurantes que recomendamos (endereços na web):

Red Lobster
- Cheesecake Factory
- Red Lobster
- Olive Garden
- Ponderosa – melhor custox benefício de todos. Fica agora em Kissimme
- Mrs. Potatoe – cozinha brasileira
- Lombard´s – dentro da Universal
- Camilla´s – excelente cozinha brasileira
- Taco Bell – fast food
- Perkins




Outlets de Orlando :

Pessoal, uma loucura ! Preços sensacionais. Muita qualidade nos produtos. Fomos em todos os outlets da região. Trocamos algumas mercadorias em função de alguma coisa – em Orlando você troca o que quiser, sem problemas. Já cheguei a usar um tênis novo o dia inteiro, e trocar depois porque não gostei. Se precisar de mais detalhes desses locais, envio a informação depois, pois são muitos.

Tem de tudo que você possa imaginar : vestuário, sapatos, tênis, relógios, equipamentos para cozinha, perfumes, malas, bolsas, eletrônicos diversos, livrarias, instrumentos musicais, remédios, etc. Todos têm algum centro de alimentação e ótimos banheiros.

Fora esses centros de consumo, existem os grandes supermercados onde você encontra DE TUDO !!! Demais mesmo. Com preços inacreditáveis comparados com o absurdo que pagamos no Brasil.
Aliás, um detalhe. Ficamos num hotel sem o café da manhã, porque é mais barato e preferimos comprar as coisas para o nosso café num supermercado e levar para o quarto. É uma opção.

Melhores supermercados ou Retail Stores :
- Walgreens
- Walmart
- Target
- Publix

Well, vivenciamos momentos maravilhosos com Breno e Alina. Estivemos com eles na Bélgica em maio e agora nos EUA. Sempre bom viajar e reencontrar nosso filhotes desgarrados.

Antes de terminar e colocar algumas das 850 fotos da viagem, quero relatar que fomos a uma missa (não sou católico, a Isa é) na Igreja Nacional de Maria, Rainha do Universo. A qualidade da missa, do coral misto, do órgão litúrgico, uma maravilha. Filmei tudo, mas não sei como colocar aqui.

Aguardo seus comentários e dúvidas. FLUi !!



NOTA do blog manager: o post anterior citado pelo autor, está em
https://jorgecarrano.blogspot.com/2015/05/uma-viagem-de-pao-amor-e-fantasia.html

15 de novembro de 2018

Deus, biografia não autorizada 2

ALERTA!
Se você está em busca de informações sérias. De casos verossímeis. De pesquisa científica. Está no blog errado, na hora errada.


Não sei onde Deus estava quando aquele pequeno ponto energizado explodiu. Esse é o grande segredo, mais sério e complexo do que saber quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha.

Deus existia antes do Universo? Na hipótese afirmativa onde ele estava, onde habitava?

Ele não tem matéria? Tudo bem, de qualquer forma, mesmo como um fantasma tinha que estar um algum lugar.

Bem, consta que houve uma explosão e uma expansão. A expansão é finita? Da mesma forma que houve expansão, poderá haver retração e tudo voltar ao estado original?

Nesta hipótese para onde Deus irá, o que fará a partir de então, já que não terá que julgar vivos e mortos?

Deus surgiu adulto? De geração espontânea? Macho ou fêmea? Hermafrodita? Quem souber, por favor, envie carta para a redação.

De minha parte ele surgiu como uma criança, imatura e brincalhona. Tem atualmente mais idade do que o Universo. Mas parece hígido, repeitado amado, idolatrado e até venerado.

Não há vestígios de fadiga do material. Suas leis vigem ad eternum. Seus atos perversos são imprescritíveis.

Atos perversos? Esqueceram de um dos primeiros? Despejou Adão, com a mulher Eva, por causa de um crime de menor poder ofensivo, caso para Juizado de Pequenas Causas.

Um Deus que a um só tempo protege e pune não pode dar certo. Quando eleito para uma função diretiva num empresa de pequeno porte, sugeri que fossem tiradas dos vendedores as funções de também cobrar as duplicatas.

Era óbvio que o comerciante que estava devendo se escondia quando o vendedor entrava na loja. Teria que dar explicações. Se o vendedor somente vendesse ele - comerciante -  poderia atendê-lo ver o catálogo de produtos e futuramente fazer o pedido.

O vendedor o mantinha ali beliscando o anzol. Deu certo. 

Na mesma linha de raciocínio, como podemos amar um criatura, mesmo que seja Deus, que nos pune? Nos castiga?

Acho que por isso criaram o Demônio. 

Outro erro, salvo melhore juízo, foi a escolha do planeta Terra para aparecimento, via evolução das espécies, do bicho homem.

Estamos com superpopulação e escassez de alguns recursos básicos. Por que não elegeu Júpiter, muito maior, que acomodaria muito mais gente?

Meu travesseiro, conselheiro informal, murmura em meus ouvidos: quem sabe Júpiter é habitado por seres extraterrestres? Fico na dúvida porque afirmam que Júpiter é gasoso.

A responsabilidade pela distribuição odiosa de riqueza é de Deus. Pensa bem.

Não me conformo com frases repetidas ad nauseam, de que "Deus é fiel". Não consigo imaginar um Deus infiel. 

Você já vai se apressar em me corrigir, citando Zeus. Sim, ele traiu Hera, sua esposa, com amantes imortais e imortais. Mas perdeu a divindade. E não é desta fidelidade que falamos aqui.


Infiel com a esposa Hera

Desconheço se tem ou teve esposa
Outra frase meio estúpida é de que "devemos ser tementes a Deus". Vou  ter que temer o pai caridoso, piedoso, responsável pela nossa vida, segundo aqueles que não apoiam a pena de morte, sob a alegação que só Deus que dá a vida pode tira-la?

Uma coisa para mim imperdoável, foi usar seu próprio filho dileto (imaginem se não fosse), deixando que o açoitassem e fosse pregado numa cruz. Ele mandou o filho numa missão suicida.

Segundo o vigário de minha paróquia na infância, Deus mandou Jesus a Terra para nos salvar.

Vou atender ligação do capitão Bolsonaro, recém-eleito presidente, que quer explicações para minhas teses que desencaminham as crianças, tirando-as do caminho do bem e da fé.

Aliás, fé tenho de sobra.


NOTAS:
1) Imagens Google
2) Postagem anterior sobre o tema em
https://jorgecarrano.blogspot.com/2018/11/deus-biografia-nao-autorizada.html

13 de novembro de 2018

Deus, biografia não autorizada

Nada sei sobre sua infância. E não existem - que eu saiba - fontes fidedignas a consultar.

Portanto irei especular sem intenções e o rigor acadêmicos. Sua infância foi meio sem graça. Foi uma criança comum, a não ser pelo fato de ter poderes sobrenaturais, cuja origem é absolutamente desconhecida, ao contrário dos do Superman que todos sabem que vem de Kypton, do sol de lá.

Alguns biógrafos autorizados inventaram muita coisa. Primeiro Moisés, e depois mais adiante Mateus, Marcos, Lucas e outros. 

Eram fake news incorporadas ao imaginário; histórias que se repetiam e acabaram por se tornar verdades. Adiante abordarei algumas. Adianto apenas o caso do dilúvio. Lembra? Noé, arca, estas coisas.

O que seria um fenômeno natural, decorrente de uma das eras glaciais, acabou por ganhar uma versão adaptada, com viés religioso. 

Quem se deu bem nesta livre interpretação de fatos alheios a vontade divina, inocente no caso, foi a pomba branca. Conquistou uma imagem e reputação que não representam a realidade.

Ela transmite doenças, emporcalha monumentos e quando em bandos ao ficarem rulhando à noite perturbam o sono da gente.

Bem, se o planeta Terra tem cerca de 4,54 bilhões de anos, imaginem minha dificuldade para achar alguém que pudesse me ajudar com informações preciosas sobre a criação do universo que, presumo, precede a do planeta que habitamos.

Habitamos neste estágio, eis que existem projetos para que possamos mudar de mala e cuia para outro planeta ou mesmo uma lua abandonada, tendo em vista a destruição que promovemos por aqui.

Aos 15 ou 16 anos - preciso confirmar depois -  com os hormônios explodindo, deu um vontade danada de "brincar de anel" ou "pera, uva ou maçã". Mas era uma criança que vivia isolada, sem umas menininhas para compartilhar as brincadeiras.

Não tinha grupo de WhatsApp, não tinha a "patotinha" do Jardim de Infância. Era só mesmo, sem que se pudesse qualificar se era bem ou mal acompanhado.

Um de seus botões, com os quais confabulava nos momentos de maior solidão, soprou-lhe que com os poderes que possuía poderia criar quantas menininhas quisesse.

Abro uma parêntesis para informar que ao sussurrar sobre os poderes que o biografado possuía, o tal botão ia acrescentar "com a graça de deus", mas lembrou a tempo que Deus era ele mesmo.

Passou então, o dito botão, a conjecturar sobre a hipótese dele ao invés de criar uma menininha, criar logo um mulherão pois já estava na idade dele "brincar de médico" e não mais das brincadeirinhas salientes, mas inocentes, tipo "passar o anel".

O biografado gostou da ideia e pensou em uma Magda Cotrofe, ou uma Luma de Oliveira. Para quem não sabe quem são estas citadas, porque chegou agora neste mundo do biografado, explico que seria pouco mais ou menos uma Paola Oliveira.





Paola Oliveira
As imagens acima explicam o que o biografado estava cogitando.

Mas surgiu um imprevisto.  Ele jamais havia tentado construir e dar vida a uma mulher. Não havia um desenho, um projeto. Um exemplo.

Partiu para a tentativa e erro. Na enésima tentativa, na prancheta surgiu um jacaré. Já cansado e entendiado porque não havia com quem trocar ideias sobre o projeto, senão seu botões, cá para nós com inteligência como a das amebas ainda por serem criadas, resolveu que poderia começar mesmo com o jacaré e aguardar até que Darwin explicasse alguns bilhões de anos depois, como aquele réptil virou um homo sapiens para ninguém botar defeito.

Você caro leitor, que não é amigo do Paulo, está dando tratos a bola para entender porque citei um réptil e não um primata.

Ele - Paulo - me alertou que os primatas são originários dos répteis. Deu como exemplo  a existência do apêndice, que não chega a ser um órgão essencial para o corpo humano atual, mas sim para seres que vivem na água. O apêndice seria prova de que evoluímos de répteis, que vivem na água.

Outro parêntesis. Nas notas ao final, explicarei as brincadeiras do "anel', da "pera, uva ou maçã"Explicarei também, se ele permitir, quem é o Paulo mencionado.

Há, há, há há. O que o Criador não contava era que inicialmente o jacaré evoluiu para um homem. Gostou, mas sabiamente verificou que para "brincar de médico" que era a ideia inicial, seria inadequado.

Esse tipo de brincadeira envolvendo dois serem masculinos só seria normal alguns milênios adiante. A graça estava em brincar de médico com seres com pequenas mas fundamentais diferenças.

Decepcionado o meu personagem resolveu fazer uma derradeira tentativa voltando à prancheta. 

Foi quando teve um insight, uma inspiração divina, com perdão da licença poética, e resolveu criar a menininha, melhor, a mulher, a partir do Adão, nome atribuído ao ser evoluído do jacaré.

Ora, porque começar tudo de novo? Mutilou Adão tirando-lhe uma costela. Hoje a experiência conduziria à utilização de célula tronco embrionária.

Resumindo, Eva, nome usado para a fêmea (eu preferia Mônica, Débora ou Úrsula), ficou pronta e sua aparência não era de se jogar fora. Ficou jeitosinha.

Mas o biografado vacilou e antes de começar a brincar de médico com Eva, esqueceu de descartar Adão, e este  que não era bobo nem nada - tanto que não acreditou na história da maçã  - teve um contato carnal com  Eva. E vieram Abel e Caim até você chegar. A "bricadeira de médico" tinha virado coisa séria e não só prazerosa.

Claro que não podendo tolerar o comportamento de Adão  e de saber que Eva era destas mulheres que só dizem sim, acabou por expulsá-los do Paraíso.

Adão é Eva tiveram que deixar o local e mudaram para a Terra, atraídos pelo azul do planeta. Realmente a Terra era azul como atestou, anos mais tarde, em abril de 1961, o astronauta Yuri Gagarin.

Já adulto, mais longevo do que Matusalém, pois já contava mais de 969 anos, deu-se o direito de julgar a todas as criaturas que criou ou que permitiu que evoluíssem.

Algumas espécies por razões ignoradas porque seus desígnios são vedados à compreensão humana, desapareceram: como os dinossauros.

E não só algumas espécies, também cidades foram sumariamente eliminadas do mapa, como Sodoma e Gomorra.

Tem uma passagem muito controvertida e que não ousarei aprofundar em respeito a privacidade do personagem biografado.

Trata-se do nascimento de seu filho dileto a partir de uma relação mal explicada com uma virgem.

No próximo capítulo, dependendo do quanto o biografado é tolerante e piedoso, irei citar algumas maldades que praticou através de personagens que  permitiu que surgissem  no universo.

Pecou por omissão, como no caso Sergio Cabral, por exemplo.

Se a cronologia estiver confusa, inconsistente, perdão.

Assim como na pintura e no desenho artístico os efeitos de luz e sombra são fundamentais, também na criação do Universo* (marca registrada) foi essencial criar noite e dia.

Este será o próximo capítulo. Surgimento do Universo, primeira das obras de Deus, o que ocorreu antes de ter a ideia de criar a mulher.




Este tema -  "Deus criou a mulher" - deu um belo filme, estrelado por Brigitte Bardot. Assistam a um trechinho:




NOTAS:
1) Todas as imagens foram obtidas via Google ou YouTube.
2) Bibliografia, ainda não encontrei obras de referência. 
3) Sobre o Paulo citado, acessem
https://jorgecarrano.blogspot.com/2018/11/filosofia-caseira.html 
4) Sobre as brincadeiras, pergunte a sua avó. Ela provavelmente terá boas lembranças a respeito.

12 de novembro de 2018

Incoerência ou Hipocrisia?

J.R.Guzzo dispensa, penso eu, maiores comentários. Na linha que venho trilhando de subscrever textos alheios, desde que as opiniões possa perfilhar, aí vai um rol de "incoerências ou hipocrisias" da lavra do jornalista. Os anteriores foram do Max Tolentino, do Helio Dias e do Flávio Gilberti.

"Quando Marcelo Freixo grita aos quatro cantos que é a favor do desarmamento e do fim da policia militar, mas anda em um carro blindado e com seguranças armados, ele está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando Chico Buarque canta verdadeiros hinos contra a ditadura do regime militar, mas se cala e  beija as mãos dos ditadores  Raul Castro e Maduro, ele está sendo incoerente ou hipócrita?"

Quando o mesmo Chico canta  mil versos a favor do Socialismo, se mostra tão devoto dos mais necessitados e cobra quatrocentos reais por um ingresso em seu show, ele está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando os psolistas dizem que cadeia e punição não resolvem nada, mas pedem que justiça e punição severa  sejam feitas com os assassinos da vereadora, eles estão sendo incoerentes ou hipócritas?

Quando você que se diz humanista seleciona os mortos assassinados para chorar por eles, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você se escandaliza com o capitalismo, mas ama o Facebook, a Sky, o Whats App e tudo que só ele pode te dar, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você tão socialista,  só compra roupas, bolsas, joias de griffe, celular da última geração, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você odeia o capitalismo, mas quer fazer intercâmbio é nos Estados Unidos, Canadá ou Inglaterra, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando seu professor de história da escola com partido se escandaliza com o muro de Trump, mas se desconversa quando perguntam a ele qual o propósito do Muro de Berlim, ele está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você diz que bandidos são vítimas da Sociedade, mas se nega a dormir onde não se sente seguro, você  está  sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você pergunta aos pensadores modernos qual o regime de governo de Cuba  e eles dão mil voltas e te enrolam, eles estão sendo incoerentes ou hipócritas?

Quando você se diz tão preocupado com a pobreza dos brasileiros e anseia pela justiça social, mas não demonstra a menor indignação pelo assalto à Petrobrás, mensalão, despreza a Lava Jato e diz que eleição sem Lula é golpe, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você se revolta com a situação dos refugiados e das crianças da Síria, mas acha normal tudo que se passa na Venezuela, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você se diz a favor da escola com partido, da liberdade de expressão, tão intelectualizado, mas tem que seguir a cartilha e doutrina da esquerda à risca, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando você universitário, tão adepto das liberdades em todos os sentidos, tão tolerante, faz piquete na entrada do campus obrigando a todos participarem da greve e se revolta, vaia, agride se porventura aparecer alguém por lá com uma camisa de Bolsonaro, você está sendo incoerente ou hipócrita?

Quando Wagner Moura, exemplo maior dos artistas, ícone do Socialismo, trocou o Brasil pelos Estados Unidos, símbolo do capitalismo selvagem, ele foi  incoerente ou hipócrita?

Quando você concorda com tudo ou quase tudo que eu falei, mas não vai curtir porque tem medo do patrulhamento, você estará sendo incoerente ou hipócrita?

J. R. Guzzo

11 de novembro de 2018

Fábula moderna


Extraída do  mural do Max Tolentino e que chegou via e-mail em minha caixa de entrada.

"Há quatro anos, numa tarde chuvosa, Moro sentia-se entediado com seu trabalho.

Ao invés de pedir uma remoção, resolveu engendrar uma grande operação, a pretexto de combater a corrupção no país, mas que na verdade teria o único objetivo de condenar e prender o ex Presidente Lula, alijando-o da disputa eleitoral.

Assim agindo, esperava obter um cargo no novo governo eleito. "Nem Aécio, nem Dilma", pensou ele, "o próximo Presidente será o deputado Jair Bolsonaro, mas para isso Lula não deve disputar a eleição!"

Procurou, então, a sede da Polícia Federal. Orientou centenas de agentes a forjarem provas, depoimentos, testemunhas e laudos para que o ex Presidente fosse condenado criminalmente. 

“Mas por que faríamos isso?”, perguntaram os agentes em coro.

“Porque quero um cargo no novo governo a ser eleito”. 

Achando justa a pretensão do magistrado, as centenas de agentes passaram a forjar as provas. 

A seguir, Moro procurou o Ministério Público e orientou os procuradores a oferecerem denúncia sem provas, já que pretendia obter o tal cargo. Os procuradores acharam razoável a idéia do Juiz e ofereceram a denúncia, sem qualquer prova. 

Não era suficiente. Moro sabia que a sentença condenatória deveria ser mantida em Segunda Instância. Há 27 desembargadores no TRF4, mas Moro sabia em qual Câmara o recurso contra sua sentença seria julgado.

Procurou os desembargadores e os avisou:

“Sei que minha sentença condenou o réu sem provas, mas os senhores devem mantê-la tal como está, porque quero um cargo político no próximo governo”.

Entusiasmados com a idéia, os desembargadores não apenas mantiveram a sentença condenatória sem provas, mas também exasperaram a penalidade imposta.

Mas.. não era suficiente.

Moro sabia que seria interposto recurso no STF. 

Incansável, comprou passagens e rumou para Brasília. Reuniu todos os ministros e foi direto ao ponto:

“Os senhores deverão manter minha sentença e também alterar a jurisprudência da Corte, para que seja admitida a prisão após condenação em Segunda Instância, porque quero um cargo no próximo governo, quiçá o de Ministro da Justiça!”. 

Os ministros pensaram consigo: “Lascou-se! Se esse juiz de Primeira Instância quer tanto o Ministério da Justiça, vai acabar conseguindo. Melhor fazermos logo o que ele quer, para não haver indisposição com o futuro Ministro da Justiça!”. 

--------------

Se você achou essa história plausível, a questão não é mais política, mas psiquiátrica.

Procure um médico. Teorias da conspiração em excesso podem acarretar sérios danos à saúde mental".

Nota do blogueiro: Estes petralhas são risíveis. Mas são também ridículos.

10 de novembro de 2018

Filosofia caseira - aforismos, provérbios populares, frases clássicas

A maioria das boas frases filosóficas que conheço não foram proferidas por quem se apresentava como pensador ou filósofo, ou aceitava estes títulos.

Se não chegam a ser aforismos, têm fundo de verdade ou conselho útil, com viés humorístico. E emanam das massas, de anônimos espirituosos.

Querem exemplos? Façamos associação de ideias.

- Pato novo não mergulha fundo.
- Em rio que tem piranha jacaré nada de costas e macaco bebe água de canudinho.
- Farinha pouca, meu pirão primeiro.
- Missa se espera na igreja.

Frasistas que admiro, autores de sentenças definitivas, irretorquíveis, Nelson Rodrigues e Paulo Alberto Monteiro de Barros, estavam mais próximos de sociólogos do que de filósofos.

Do primeiro coleciono uma verdade inexorável: "Viver é acumular perdas".

Do dramaturgo gosto da que segue:


Daí porque "torcer pelo Flamengo é falta de imaginação", frase criativa e fustigante do americano Jorge Perlingeiro.

Até mesmo comunistas vez ou outra cunham frases profundas. Levam-nos à reflexão mesmo que, digeridas, discordemos delas.




Se Marx estivesse aqui diante de mim, iria redarguir  com um frase lida alhures e cujo autor já não registro: "A filosofia abre muitas portas, atrás das quais nada se encontra."

Se non è vero è ben trovato. Assim como a poesia, a filosofia não é necessária. 

Bons mesmo são os humoristas. O exemplo abaixo é uma prova definitiva da filosofia embutida na frase de Apparício Torelly, um dos ícones do humor inteligente.


E o Millôr? Quantas frases deste mestre do humor, tradutor, roteirista, você se recorda e certamente recorre a elas em meio a conversas? Esta abaixo é ferina e tinha endereço certo.


Meu sogro foi um homem de poucas letras. Descendente de imigrantes italianos, seus pais fixaram residência em Minas Gerais e beneficiavam piaçava. Caso não associe o nome a pessoa, vejas as imagens a seguir:



Se  não tinha o saber  acadêmico, tinha uma enorme sabedoria. Certa noite, em sua casa em Cachoeiro de Itapemirim, onde então residia, quando conversávamos sobre honestidade ele, que fabricava calçados semi-artesanais (sandálias, botas), e sujeito a pequenos furtos de seus poucos empregados, saiu-se com a seguinte parábola:

"Ainda prefiro um pequeno ladrão a um burro. Veja o seguinte. Você tem uma horta cercada. Que faz o ladrão se ambiciona uns quantos pés de couve? Pula a cerca, colhe alguns pés e vai-se também pulando a acerca. E o burro? Ele arrebenta a cerca, entra na horta e enquanto come suas couves vai pisoteando outras atrás e ao seu lado. E na hora de ir embora, farto, ao invés de sair pelo mesmo buraco que fez na cerca, sai pelo outro lado arrebentando outro pedaço. Prejuízo bem maior. A burrice é intolerável.

Volto ao Nelson Rodrigues:


Digo eu que burrice deveria doer. Doer muito.