30 de outubro de 2015

Doze imagens do Londres

Através do olhar, e das lentes, do amigo Carlos Lopes, que também ira degustar uma Guinness por mim, num dos centenários pubs da cosmopolita cidade.

Ele prefere Paris a Londres, mas a não ser por este fato (perdoável) ele tem bom gosto. Ah! Tem outra coisa igualmente tolerável: torce pelo Botafogo.
(3)

(1)
(2)

(4)

(6)
(5)


(7)
(9)
(8)






(12)
(10)
(11)





Nota do editor: peço e  aguardo as legendas de identificação das fotos numeradas de 1 até 12. Sim, qualquer um pode participar do quiz.

Duas clicadas sobre as fotos e elas ampliam.

28 comentários:

Jorge Carrano disse...

Estou pensando num premio para os que acertarem.
Concorrerão as respostas que cheguem aqui a redação até às 5:00 (cinco da matina) horas do dia de hoje, em aramaico.
O Carlinhos, autor da fotos, está impedido de participar do concurso, mas pode nos socorrer na conferência das respostas (rsrsrs)

Paulo Bouhid disse...

Foto 12 - seja lá do que for, é do mesmo prédio da foto 2. Acertei?

Paulo Bouhid disse...

7 - Big Ben
10 - London Eye

Paulo Bouhid disse...

4 - Estátua de Allison Lappe

Paulo Bouhid disse...

5 - A fonte de Eros/Cupido, em Picadilly Circus

Jorge Carrano disse...

Um certo David Cameron foi eliminado porque reside em Londres. Ademais errou a linha do double deck, da foto 3.
Não é como ele mencionou: Downiung Street X Palácio de Buckingham.
A resposta certa seria: Trafalgar Square X Picadilly Circus.

Jorge Carrano disse...

Errou quem respondeu Big Ben, na foto 7.
KKKKKK, o Paulo se estrepou.
Big Ben é o nome do sino que está no Palácio de Westminster. O nome é uma referência a Sir Benjamin Hall, grandalhão e ex-ministro de obras públicas.

Jorge Carrano disse...

Sim, Paulo, acertou. 2 e 12 são do mesmo local.l E nem era pegadinha. Foi engano meu na edição (rsrsrsr)

Anônimo disse...

Foto 10 - Beto Carrero World

Jorge Carrano disse...

Isso aqui não é prova do ENEM, caro Anônimo (qual de vocês?).
Londres é capital da Inglaterra que fica na Europa.
Se era just kidding não achei graça.

Ana Maria disse...

Aprendi quando era criança que o Big Ben era o maior relógio de 4 faces do mundo. Hj em dia não é mais. O conjunto torre + sino + relógio ficam no conjunto arquitetônico do Palace of Westminster e recebeu este apelido pelos motivos já citados.
À época, o maior relógio de uma face do mundo era o da Central do Brasil, mas isso ninguém liga.

Carlos Frederico disse...

Eu só teria arriscado a 10 - The London Eye, pois a do Big Ben eu sabia que tinha uma pegadinha, que no entanto não me lembrava qual era...

Mas vamos ao que interessa, que é a sensação que cada uma delas nos causa - individualmente ou em conjunto.

1 - Além de visualmente bonito, parece ser um lugar interessante. Restaurante, suponho. Onde fica?

2 - Foi a foto que me chamou mais atenção. Não por estar repetida, mas pelo impacto visual. Prédio bonito com uma cor... hmmm... não me lembro de um prédio com essa cor no Brasil. Em Amsterdam tem.

5 - Bela essa estátua de Eros e Cupido. Não a foto, pois bastava uns dois passos para a esquerda e a estátua estaria toda contra o fundo uniforme do céu.

7 - O curioso dessa foto não é o relógio ao fundo e sim que o único elemento de destaque é o anúncio da Canon. Sim, por ser o único item colorido no meio de uma foto com tons mornos. Não bastasse eu ser fã da Canon!

8 - Apesar do Palácio de Westminster ser o óbvio fundo da foto, é a cena urbana que me cativou, por lembranças do passado. O símbolo do metrô (a “minha” estação era a Tottenham Court Road) e os avisos “Look Right” e “Look Left” no asfalto. Para estrangeiros são os avisos mais importantes na cidade! Em 5 dias de estada em Londres testemunhei 2 atropelamentos, um deles ao vivo. De dentro de uma loja ouvi a freada e o barulho do impacto. Num reflexo olhei para a porta de entrada a tempo de ver o corpo voando... Turista, decerto. E a violência foi porque o carro era da polícia e vinha “chutado”.

11 - Que sensação estranha ao admirar essa foto! Dá-me a impressão de que vou escorregar e cair nas águas barrentas do Tâmisa!

No geral, nada de céu azul! Até hoje fico admirado de ter uma importante publicação de astronomia na Inglaterra (revista Astronomy Now). Será que alguém consegue enxergar o céu estrelado? Talvez no interior...

Jorge Carrano disse...

Passou bem perto Freddy.
Na foto 1 temos algo mais que um simples restaurante.
Fica situado no coração da área de teatros no movimentado bairro boêmio do Soho.
No andar de cima restaurante.
Embaixo no porão tem o Backstage Bar, com jazz ao vivo.

Riva disse...

Por que o Xará errou Big Ben na foto 7 ? Ele está ao fundo ....

Não conheço Londres. Embora muitos digam que tem tudo a ver comigo, ainda não me atraiu ... talvez pelo $$$$$$. Assustadora.

Jorge Carrano disse...

Realmente este é um inconveniente, chamado libra. Quase seis pratas.

Jorge Carrano disse...

Big Ben é o nome do sino.

Paulo Bouhid disse...

GE tb é cultura!!!

Carlos Frederico disse...

Permitam-me comentar que o câmbio real => libra, euro, dólar, não é problema. Exemplo hipotético: se em Londres uma cerveja custa 5 libras mas em Oslo custa 8 euros, apesar da libra custar mais reais que o euro nos custa, eu fico mais preocupado em ir a Oslo que a Londres. Percebem?
É o custo de vida em cada cidade/país que deve prevalecer na análise, não apenas o câmbio.

Portanto não tirarei a Inglaterra de minha lista só porque lá a moeda é libra. É um vício que não me pegou. O correto é fazer uma "cesta básica" em cada país e ver quanto custa na moeda local. Depois converter para reais. Aí sim, a escolha pelo mais barato poderá ser feita com critério.

Jorge Carrano disse...

Paulo Bouhid,
Mas já foi uma das melhores geladeiras (eu achava a Frigidaire melhor).

Carlos Frederico,
O custo de vida em Londres é altíssimo. TUDO lá é muito caro.

Riva disse...

Freddy, exatamente por esse seu critério de anaisar o custo de uma viagem é que eu sempre vou para a AMEEEERICA !!!!

Minha experiência em Portugal foi maravilhosa, mas a viagem saiu bem mais cara do que uma para os EU da AMEEEERICA. Isso não quer dizer que não voltarei à Europa, acho que com certeza voltarei, mas se me perguntarem HOJE onde gastaria meus euros, a resposta é ESPANHA. Uma viagem contemplativa e de muita, mas muita gastronomia !!

Ontem assistimos o(ao) Globo Repórter sobre a Suiça. Fiquei deprimido .... jamais atingiremos tal grau de eficiência no turismo, na exploração das nossas belezas naturais. Não sei como Gramado se localiza nesse Brasil Bandido !

Erika disse...

As fotos 4, 6 e 7 foram todas tiradas em Trafalgar Square. Na 4, vê-se a estátua de Nelson e na 7, a dica é pata do leão ;)

Erika disse...

A 6 foi tirada a partir dos degraus da National Gallery. Quanto à foto 8, andando-se um pouco mais adiante, existe uma placa em que se lê "Welcome to the heart of London", que é onde não perco a oportunidade de tirar uma foto :)

Carlos Frederico disse...

Não vem muito ao caso, dirão, porque minha experiência é de 38 anos passados. Contudo, morando em Munique e viajando pela Europa, consegui determinar que na maioria dos países o custo de vida é muito alto comparado ao nosso. Alemanha em geral, Londres, Amsterdam, Paris, Zurique, não poderia eleger a mais cara.
Poderia sim, dizer quais as mais baratas: Madrid e a campeã Lisboa!

Não sei se o euro fez mal a Portugal, mas creio que ainda hoje seja o local com o menor custo de vida na Europa para turistas brasileiros.

Riva poderá talvez dar mais contribuições ao debate, não só por ter estado recentemente em Portugal e Espanha, como também por ter filho morando por lá.

Carlos Frederico disse...

Apenas um chiste...

Inquirido por Riva acerca do alto custo de uma semana no Rio Quente Resorts (Goiás) - somando aéreo, estadia, alimentação e extras - e que seria mais barato passar o mesmo tempo em New York ou Orlando em semana similar, respondi: daí você pode inferir que o Rio Quente Resorts deve ser excelente, pois que vive lotado!

<:o)

Jorge Carrano disse...

Final da competição (quiz). A grande vencedora foi a Erika.
Eu deveria tê-la eliminado, como fiz com o Cameron, que mora lá (rsrsrs).

Como ela morou lá há alguns anos, merece o premio porque manteve na memória a configuração da cidade, principalmente de Trafalgar Square, onde está a Coluna de Nelson, um dos heróis do país, oficial da marinha com destacado papel nas guerras contra os franceses.
Ferido várias vezes em batalhas, numa perdeu olho e braço.

Foi num livro adotado no ginasial, quando estudei inglês com a professora Selma Cecília que aprendi sobre Nelson. Uma das lições era sobre a famosa praça londrina e a estátua do Admiral.

Por causa disso, curioso, procurei saber mais sobre Haratio Nelson.

Parabéns Erika!

Agora escreverei para o Carlinhos para ele corrigir o resultado, eis que ele me enviou gentilmente as fotos, mas não identificou os locais, desfaiando-me a faze-lo.

Vou recorrer ex-officio.

Riva disse...

Meu Deus, Selma Cecília ..... isso é nome de personagem da Escolinha do Prof. Raimundo, com todo o respeito aos dois ...kkkkkkkk sensacional.

Com todo o respeito também, Zéfiro adoraria esse nome ...estou até imaginando, aquele olhar sério por trás das lentes de uma armação de tartaruga, emanando cultura e mexendo com a imaginação fértil da tchurma ..... viajei ?

Parabéns, Erika ! Não deu pra mim, nunca estive por lá.

Freddy, sim, o EURO impactou a vida dos patrícios. Conversando com eles em vários lugares e ambientes, eles lamentam quando compravam a Escudos e quebradas, e que hoje qqer coisa custa no mínimo meio euro. TROLHA mesmo !

Jorge Carrano disse...

Selma Cecília Dantas Monteiro, para ser preciso. Muito charmosa. Já foi citada na blog em outra oportunidade.
Falecida conforme apurei em:

https://news.google.com/newspapers?nid=1246&dat=19820220&id=nXw0AAAAIBAJ&sjid=JM0EAAAAIBAJ&pg=6246,2082634&hl=pt-BR

Riva disse...

Freddy, voltando ao seu comentário, como tudo na vida, uma questão de escolha.

Entre a Pousada do Rio Quente e Orlando, com certeza sempre escolherei Orlando, pelos seus parques temáticos aquáticos espetaculares (embora não seja a nossa praia), pelos restaurantes, compras, passeios no entorno, enfim, por respirar ares da AMERICA ... #simplesassim.

New York é outro contexto, nada a ver com Orlando ou a Pousada.

Em relação a possibilidades européias, meu alvo como falei é a Espanha, com certeza revisitando Santiago de Compostela, com uma outra, digamos, visão. Vamos ver.