7 de outubro de 2015

Edição Extraordinária - TCU

Não obstante as opiniões pessimistas de uns  e o ceticismo de outros, o Tribunal de Contas da União, em sessão plenária concluída neste instante, aprovou por unanimidade o parecer do relator que rejeita as contas apresentadas pela presidência da república, relativas ao exercício de 2014, apontando várias violações.

É necessário esclarecer que o TCU não julga as contas da presidente, apenas emite parecer que dará ao Congresso Nacional, este sim com competência constitucional, subsídios  para julgar.

Esperemos que o Congresso tenha a mesma coragem e independência com que se houve o TCU.

A decisão do Congresso poderá levar ao impedimento de Dilma.

3 comentários:

Jorge Carrano disse...

Nunca o TCU teve tantos holofotes. A efervescência midiática está relacionada ao fato de que o Congresso disporá de base para julgar os pedidos de impeachment já protocolados.

Carlos Frederico disse...

Agora é que vamos ver se o dinheiro amealhado pelo PT como lastro para as grandes crises vai poder comprar o voto da maioria.
A fogueira está acesa!
Quem vai nela queimar?

Jorge Carrano disse...

Por enquanto parece que a redistribuição de ministérios não representou mais apoio para o governo.

O que lamento é que o Cunha tenha sérias acusações contra ele, e que dificilmente escapará da cassação do mandato.

Precisávamos neste momento de um presidente sério na presidência da Câmara.