27 de junho de 2019

William Waack


Já perdi a conta das vezes em que, aqui critiquei a postura da Rede Globo, por não assumir uma identidade. Nenhuma.

Ora, uma rede televisiva, que nasceu, cresceu e se destacou sob regras de um regime capitalista, tem o dever de defender os ideais democráticos e a economia de mercado.

Não significa adesismo incondicional ao governo, qualquer que seja o viés ideológico dos governantes. Pode - e deve - criticar desvios de conduta, falcatruas, negociatas, corrupção, enfim tudo no sentido de aperfeiçoar as instituições.

Mas não pode se aliara aos inimigos destes princípios fundamentais que são a livre iniciativa, a valorização do mérito individual, a economia de mercado e o respeito a propriedade privada. Cansou de dar espaço e visibilidade aos invasores de terras, por exemplo. 

Depois da morte de Roberto Marinho seus herdeiros e sucessores perderam-se no oportunismo, no casuísmo, foram para a cama com governos de orientação marxista e se estreparam.

Agora, sem os anúncios de estatais e a massiva propaganda governamental, como nos tempos petistas, seu orçamento minguou. As receitas caíram e está difícil manter o padrão.

Noutro dia postei matéria sobre a entrada, no segundo semestre, da Rede CNN. Mencionei a contratação, para ancorar noticiários, do jornalista William Waack.

Está em:
https://jorgecarrano.blogspot.com/2019/06/seja-bem-vinda-cnn-brasil.html

Pois bem, este mesmo jornalista, em recente entrevista, disse sobre o erro, a guinada da Globo.

Como ele esteve lá dentro, sendo, de certo modo porque assalariado, partícipe da mudança de orientação no telejornalismo e até na programação dita de entretenimento, suas palavras têm, claro, muito mais peso do que as minhas.

Cliquem no link e leiam o que ele falou sobre a queda de audiência, de faturamento, de credibilidade. Pior, da rejeição ao sistema Globo de rádio, jornais e TV.


26 de junho de 2019

Pratique ioga, faça meditação



Iôga ou Ióga? Escreve-se com "Y" ou com "I"? O som da letra "o" é aberto ou fechado? Pouco importa!


Você acha que é necessária a reforma da Previdência Social, para tirar o país da rota do abismo, da insolvência, da inadimplência, em futuro próximo.

Entretanto seu filho, ou irmã, sobrinha ou afilhada que trabalha no serviço público poderá ser prejudicada com as novas regras que deverão ser implantadas.

Ou se é você próprio que estando em vias de adquirir o direito de se aposentar, teme que as novas regras que estão por vir, possam de uma maneira ou outra afetar seu direito quase adquirido.

Tudo isso pode causar estresse, ansiedade.

A solução, barata e eficaz, é praticar Ioga ou Yoga, como queira.

E o espaço recomendado para tal fim, é o Dharma Bhumi. Faça contato e agende uma visita com uma aula grátis.


Rua Gavião Peixoto, 182 sala 713, edifício Center IV, pertinho do Campo de São Bento.
Tel: 97008-5889


Vários planos a sua escolha. Aceita todos os cartões. Turmas das 7:30 às 20:00 horas.

Fale com a Cris ou com o Jorge e marque uma aula de cortesia.

25 de junho de 2019

LIONEL e CRISTIANO


Parece nome de dupla caipira, mas não é.

Os nomes são, isto sim dos dois maiores jogadores deste século XXI, e ainda em atividade.

Estou limitando a este século para não ter a menor chance de errar.

São artilheiros, ganhadores de bolas de ouro, eleitos os melhores nos últimos anos, requisitados para comerciais de TV,  rivais nos gramados e fora deles também.




São muito bons. E suas mulheres (namoradas ou noivas) também são muito boas.

Como no futebol há divergências de opiniões qual dos dois seria o melhor, mais completo, etc., alguém poderia sugerir um novo item para desempate: a beleza e a plástica de suas mulheres.

A tarefa continuaria difícil e a indefinição continuaria: as imagens falam por si.




Georgina Rodriguez
Antonella Roccuzzo






ANTONELLA


GEORGINA


Notas: as imagens foram pinçadas na internet, via Google.

24 de junho de 2019

REGALIAS


Tomando uma cerveja, ouvíamos noticiário radiofônico. A repórter mencionava decisão que facultaria a menores infratores o direito a visitas íntimas.

Ouvi da companheira  de copo e conversa o seguinte comentário:

- Acho isto um absurdo. Quem está preso é porque cometeu algum delito. E quem comete crime tem que ficar privado de tudo que tinha quando em liberdade e não dava valor.

Aduzi que isto faz arte da ressocialização, de dar ao detento um minimo de dignidade. Como diria o  Brizola, o preso também é cidadão.

- Este populista foi responsável pelo aumento da criminalidade no Rio de Janeiro, em face das benesses que concedia aos presidiários e aos criminosos em geral. Tinham que ter tratamento digno? Pergunto, digno de quê? Digno de seu caráter delituoso, ou não?

- Tem uma assassina que mandou matar os pais a pauladas enquanto os mesmos dormiam. Aí a lei dá a ela o direito de liberdade para comemorar o dia dos pais. 

E continuando a explicitar sua indignação:

- Indulto é um acinte, uma excrecência. Quem erra tem que ser punido, com rigor proporcional, mas cumprindo a pena integralmente.

Eu, apologista da pena de morte, concordei intimamente, embora ponderando, por amor ao debate, que  é preciso não esquecer que são seres humanos, que merecem atenção, cuidados e todos os esforços de recuperação para o convívio social devem ser dispendidos.

Minha interlocutora acrescentou em tom de indagação: será que estas pessoas que têm indulto de Natal, antes de serem presas passavam  o dia de caráter religioso, festivo pelo aniversário do filho de Deus, com a família?

- Será que esta criminosa cujo nome complicado todos sabem quem é, e outros milhares da mesma laia, sequer mandavam uma mensagem, ou telefonavam para o pai ou a mãe nos dias comemorativos?

Achei melhor trocar de estação, abrir outra cerveja e cochichar para minha mulher: você hoje está muito amarga.

Ela replicou, de pronto, amarga está a vida.

Nota do autor: muito se fala e discute sobre a liberação do uso de drogas leves. Não ouço falar na  introdução, na lei maior, da pena de morte. A ideia é mesmo reduzir o número de transgressores do mundo, como fazemos com as laranjas podres do balaio e o cirurgião faz com o câncer, extirpando-o.

Claro que a pena de morte não se aplicaria ao assassino pontual, o corno que deu flagrante; o que matou em defesa pessoal ou de sua família e ao policial na defesa da sociedade.

22 de junho de 2019

BIZARRO


O que você espera encontrar neste texto? Esta palavra, de significados conflitantes, segundo os melhores dicionaristas e filólogos, tanto pode ter caráter elogioso, como conotação pejorativa.

Pode conceituar o que é esquisito, anormal, quanto pode ser exprimir o que é elegante, belo e nobre.

E aí? Na sua opinião as tatuagens são uma bizarrice no sentido de anormalidade ou conferem charme e elegância?

De minha parte acho que é um retrocesso, um retorno as cavernas, ao tribalismo, é uma coisa danosa. Comparo a tatuagem à pichação de monumentos públicos. Já imaginaram uma Paola Oliveira toda coberta de tatuagens ininteligíveis, indecifráveis?

Espero que as tatuagens, piercings, assim como as mochilas nas costas, sejam coisas de momento, modismos que passarão para dar lugar, quem sabe, a usos e costumes mais bizarros ainda. Não duvido.

Para quem não liga o nome a pessoa, eis abaixo a bela e atraente Paola Oliveira, sem tatuagem, piercing, e outras agressões físicas, pelo menos aparentes. Lamento, apenas, não poder afirmar pois não tive chance de conferir.👵👵👵

Au au au au
Querem, a meu juízo, exemplo de outra bizarrice, igual a esquisitice ? O tal VAR (Video Assistant Referee) ou arbitro de vídeo assistente.

Refiro-me ao uso deste recurso associado ao futebol.  No tênis ou no volleyball, é utilíssimo, inteiramente aplicável. A bola bateu dentro ou fora da quadra é confirmado em segundos. Até mesmo o toque no bloqueio, nos jogos de voleibol, são esclarecidos rapidamente.

Já no futebol, lances interpretativos, muitas vezes causam mais dúvidas e polêmicas, do que esclarecem e fazem justiça.

Foi bola na mão ou mão na bola, houve intenção ou o movimento do braço foi natural, para dar equilíbrio ao corpo? Levam minutos preciosos para ao fim e ao cabo o árbitro de campo decidir finalmente ... de forma subjetiva.

O que tenho visto, irritado, inconformado, é uma sucessão de erros de decisão, como sempre existiram no futebol, desde sempre e que não obstante tornaram o esporte (hoje negócio bilionário) o mais popular do mundo, praticado num número maior de países ligados  a FIFA, do que tem a ONU filiados.

Esporte para todos, independentemente de credos religiosos, etnias, classes econômica ou social, idiomas ou ideologias políticas.

Agora associaram ao VAR uma heresia geográfica. Uma competição sul-americana, com participação de Qatar e Japão.

E com Argentina e Brasil jogando de forma bisonha, bizarra no sentido de anormal, deselegante, sem bravura.

Melhor rever "Dançando na chuva", ou "Match point", ou reler "Jangada de pedra" ou qualquer obra de Shakespeare.

Ou ainda ouvir Rainy Night in Georgia, seja com Brook Benton, como no link abaixo, quanto com Ray Charles igualmente sensacional


20 de junho de 2019

VELHICE


Esta acabo de receber via e-mail; sim, ainda utilizo emails. Não sei se é nova ou se é antiga e surrada. A mim agradou por vários motivos.

Acho ridículo e desonesto afirmar que o homem, depois dos 70 anos, está na melhor idade. Só se for para os médicos, laboratórios clínicos e de imagens, hospitais e casas de repouso (que hospedam e cuidam de idosos).

Após os 70 anos, o homem, a raça e não o gênero, terá cumulativa ou isoladamente, um dos seguintes males: primeiros sinais de Alzheimer, hiperplasia prostática (se benigna comemore); arritmia cardíaca, altas taxas de colesterol e triglicérides,  severo comprometimento das carótidas, gordura no fígado, miopia, glaucoma ou catarata, erupções cutâneas (ceratose, verrugas, etc), e etc.

Este etecétera (et cetera), é ilimitado, indefinível, pois abrangerá desde a unha encravada até a disfunção erétil também conhecida como impotência sexual ou ainda pior (mais humilhante) broxada.



Eis a piada:

A velhice é uma das poucas coisas que não dá para esconder. 
Ela é óbvia por si só. 
Bill e Sam, dois amigos da terceira idade, encontravam-se no parque todos os dias. 
Um dia, Bill não apareceu, e ficou assim por 4 semanas. 
Sam ficou preocupado. 
Passado um mês, lá estava sentado Bill! 
Sam ficou felicíssimo e se aproximou de Bill.
Por Deus, Bill, o que aconteceu com você?
Bill respondeu: 
- Eu estava na cadeia. 
- Cadeia? - gritou Sam. - Por que motivo?
Bill disse: 
- Você conhece a Vanessa, aquela garçonete loira e deliciosa da padaria que eu visito de vez em quando? 
- Claro que me lembro - falou Sam. - E daí?
- Bem, um dia ela foi a Policia e me denunciou por estupro. 
E eu, com meus 89 anos de idade, fui todo feliz para a Corte e me declarei culpado... 
O desgraçado do Juiz me sentenciou a 30 dias por falso testemunho!😅😂

16 de junho de 2019

Significado de fuck




Eu mesmo já usei aqui no blog, mais de uma vez, as versões que correm de boca em boca, em encontros sociais ou mesas de bares, das inúmeras mancadas perpetradas por novos ricos, marinheiros de primeira viagem, pessoas bem-sucedidas financeiramente, mas que não lograram o mesmo êxito no desenvolvimento cultural e intelectual.

São aquelas histórias de pessoas que revelam baixo nível de informação, tipo Dilma, que nem se dão conta da extensão de suas ignorâncias.

Uma delas é das madames, a bordo do avião que as levava à França, numa primeira viagem internacional. Vou descrevê-las recorrendo a personagens rodriguianos.

A gorda e patusca dizia para a amiga ao lado que estava louca para conhecer Paris, a cidade luz. A grã-fina com narinas de cadáver, ao seu lado, indagou porque Paris é chamada de cidade luz.

A gorda e patusca (neste post sem varizes) lecionou: é porque a cidade tem uma iluminação feérica, fica muito iluminada durante toda a noite, parecendo dia.

Já que mencionei o gênio da dramaturgia nacional, fico no teatro: pano rápido!

Sim, poderia atribuir a mesma grã-fina de enormes narinas levemente voltadas para o firmamento, como uma defunta (ou a gorda e patusca), este surrado exemplo de ignorância crônica, o de declarar que aprecia a culinária francesa, mas jamais teria coragem de comer gatinhos.

Como assim comer gatinhos? - Você nunca ouviu falar no “petí gatô”?

Cheguei, finalmente, depois desta digressão, à guisa de moldura, ao ponto que me motivou escrever sobre este tema.

Relendo “Portal para o mar”, de novo achei graça no inusitado e anacrônico significado dado por um personagem, amigo do protagonista da história (um detetive particular), para a palavra repetida ad nauseam em alguns filmes americanos: fuck.

Segundo o aludido personagem, fuck quer dizer: “Fornicar com o Consentimento Real”.

E emenda passando do que seria uma sigla, para a definição por inteiro, literalmente: “Fornicate Under the Consent of the King”.

Parabém ao autor do livro, menos pelo fato de ser meu filho, mas principalmente pela criatividade.

Lá, no livro, este personagem bizarro nasceu num teclado, fruto da imaginação do autor, repito modestamente, meu filho, e não por geração biológica, no sistema de fornicação autorizado.

Se pensam que esta postagem não passa de um disfarçado merchandising do excelente livro, estão absolutamente certos.




Nota do autor: este livro está no nicho literário consagrado por H. P. Lovecraft, Alan Moore e Stephen king, entre outros. 

14 de junho de 2019

Esse Gilmar é asqueroso, repugnante!


Você leram a opinião de Gilmar Mendes sobre a Lava Jato, Sergio Moro e Deltan Dallagnol?

Desrespeitoso, agressivo, grosseiro, padrinho de contraventor que mandou soltar por três vezes.



Sabem o que penso dele (Gilmar)? Faço minhas as palavras do ministro Luis Roberto Barroso. No dia desta sessão plenária levantei-me e aplaudi de pé.  👏👏


Ouçam, basta clicar sobre a imagem:



Nota: Gilmar é pedrinho de casamento de filha de marginal seu amigo, a quem mandou soltar por três vezes. Leiam clicando no link abaixo:

https://g1.globo.com/politica/noticia/gilmar-mendes-manda-soltar-jacob-barata-filho-e-lelis-teixeira.ghtml

13 de junho de 2019

Seguem temas juntos e misturados


Ricardo Salles, para quem não sabe, é ministro do meio ambiente. Compareceu a uma sessão no senado, dedicada ao assunto de sua pasta, e foi vaiado pelos presentes.

O motivo? Alegando outro compromisso recusou-se a permanecer um pouco mais e ouvir criticas e sugestões dos senadores.

Que eu saiba ele não foi intimado a comparecer, eventualmente convidado tendo em vista o mote da sessão. Se aceitou e compareceu tinha que ficar o tempo de duração da sessão.

Sabia, ou deveria saber, que estaria ao alcance da boca de leões. A mudança na política ambiental está desagradando muita gente, em especial da oposição.

Pergunto eu: que outro compromisso seria mais relevante do que estar presente numa sessão de uma das casas do Congresso Nacional? Teríamos, com muito boa vontade, duas ou três razões de ordem familiar e não mais do que uma de ordem funcional, que seria atender chamado, do presidente da República, para despacho.



Trata-se de um dos vários desastrados e desastrosos ministros do governo Bolsonaro.

Ronald Reagan foi um ator que escapou da mediocridade, mas resvalou na canastrice.

Eleito presidente, temi pelo destino da América, num momento conturbado da política mundial (alias, quando não está?)

Mas o que fez ator que atuou em "Bedtime Bunzo"? Nomeou um time de bons assessores, para lhe aconselhar e ajudar a tocar o barco.

Para não perder a piada, Reagan é o de gravata na foto ilustrativa. Tenho por ele o maior respeito como político. Conduziu muito bem, também, a Califórnia, quando a governou.

Falta ao Bolsonaro o mesmo tino, a mesma inteligência, o mesmo faro, a mesma perspicácia, a mesma visão.

Cadê e equipe técnica que prometeu nomear, em contraposição as nomeações políticas, fruto de indicações do grande balcão de negócios, com partidos e bancadas?

Tem o Paulo Guedes, tem o Sergio Moro, tem o ... ; tem o .... tem o...;  ou seja, mais ninguém.


Himalaia
O Himalaia impressiona. A mim, nas telas de cinema e TV, em reportagens e documentários. Nunca, jamais, cogitei escalar o Everest enfrentando os horrores de subir a quase 9.000 metros, nem mesmo os pouco mais de 2.000, da Pedra do Sino, em Teresópolis.


Everest
Minha perplexidade diante daqueles que se aventuram, arriscando a vida, ficou arrefecida ao saber que nos últimos anos os alpinistas e escaladores deixaram um rastro de 11 toneladas de lixo, recolhidas pelas autoridades do Nepal.

https://veja.abril.com.br/mundo/operacao-recolhe-11-toneladas-de-lixo-no-monte-everest/


Já não nos basta o aquecimento global ? Quando houver derretimento seremos soterrados por toneladas de neve  e lixo.

Buda nada poderá fazer.

12 de junho de 2019

NOSSO DIA DOS NAMORADOS - Outdoors


 Por
RIVA





Não lembro exatamente o dia em que vi aquela coisinha linda, de vestido, cabelos negros pela cintura, deslizando perto de mim, mas lembro bem que o sino tocou, bem forte mesmo.

E tudo começou em 26 de dezembro de 1970. Já tinha feito algumas investidas em alguns bailes (festas da época) e encontros, sem sucesso. Mas nesse dia ela retornou pelo telefone, aceitando sairmos e conversarmos. Seu primo e “comparsa” Carlinhos passou lá em casa com ela, e nos deixou num banco de uma pracinha em São Francisco.

E qual em desenhos animados (que adoro até hoje), as faíscas saltaram em nossos olhares, flamejantes, apaixonados .... foi amor à primeira vista, como tanto cantaram os Beatles em suas canções.

Foi mesmo ... uma paixão e amor desconcertantes. Nos completamos.

Não sei explicar, nem devo tentar. Minha vida mudou totalmente daquele dia em diante, em vários sentidos. O convívio com meus queridos/amados sogros também foi determinante no meu amadurecimento, e na consolidação da nossa união. Um sonho !



Levaria 3.000 páginas para descrever aqui tudo que se desenvolveu daí por diante, com a criação dos nossos 3 filhos maravilhosos, frutos de tudo isso.



Hoje, do alto dos nossos quase 70 anos, a paixão e o amor continuam “arrasadoramente” fortes, um liga eterna.

Isa, a Fátima,
te amo demais,
“do tamanho do céu”.

Agradeço, a sei lá quem,
por você ter acontecido na minha vida,
por ter “caído na minha sopa”.

A poesia abaixo, feita há décadas, expressa uma das passagens em nossas vidas.

Escrevi-a, acreditem, dentro da camionete que me levava para casa todo dia depois de um dia de trabalho nas obras, às vezes sujo, cansado. Musiquei-a, e a chamei de OUTDOORS.



Pra você, amor da minha vida ... again .....

"Todos os dias eu volto
Sozinho a pensar
Um gosto doce e o corpo
Vibrando por te encontrar

Outdoors e luzes piscando,
Paisagens de infernizar
Mantos negros repletos
De listras a me ofuscar

A rampa de acesso ao ar puro
Agora me leva e me aperta
De encontro a um cenário mais calmo,
De cores bem mais abertas

Já posso sentir o seu cheiro,
Os ventos já me disseram
Pois todos os dias eu volto
E te encontro linda e sincera"



10 de junho de 2019

Tudo junto e misturado


Na minha opinião e a Constituição me assegura o direito de ter uma, as agências reguladores são antros de corrupção. E cabides de empregos.

Não entendo porque são necessárias agências, com elevados custos, se na área de atuação de cada uma delas existe um ministério, que também tem estrutura dispendiosa.

Assim como, com raras e honrosas exceções, onde tem corregedoria, existe mais um covil a ser alimentado a base de propina. Os escândalos são frequentes, em todos os órgãos onde existem corregedorias, e até mesmo em tribunais de contas.

Acessem o link para ler a reportagem sobre o corregedor da secretaria da fazenda de São Paulo, que acumulou e ocultou num recinto, construído como subsolo na casa da ex-mulher, no interior, 180 milhões de dólares e mais alto valor em euros.

https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/us-180-mil-no-bunker-do-ex-corregedor-da-fazenda/

Ele teria que fiscalizar os fiscais corruptos, que se locupletavam em prejuízo do erário público, ou seja, cobravam propina de contribuintes em troca de alívio na aplicação de multas.

Ao invés de coibir a prática delituosa, preferiu entrar no jogo e cobrar propina dos fiscais que por sua vez achacavam os contribuintes.

Imaginem quanto o Estado não perdeu em arrecadação. Será que ele pensava que ladrão que rouba ladrão tem sem anos de perdão? Esta adágio (provérbio popular), felizmente caiu em desuso

A razão é simples: as funções são exercidas por homens. E o bicho homem, com raras e honrosas exceções, são desonestos, corruptos, espertalhões, fraudadores. Ditado popular e definição acadêmica militam a favor de minha opinião: 1) a ocasião faz o ladrão; 2) o poder corrompe.

Ao Millôr, uma vez mais, minhas homenagens: o homem não deu certo.

O desafio (chalenge) no volei e no tênis, são recursos úteis que ajudam na obtenção de resultados justos. As imagens falam por si, sem depender de interpretação e são tornadas públicas em telões.

A bola foi dentro ou fora fica resolvido em segundos, e como regra geral o jogo já está paralisado para saque.

Não há, nestes esportes, contatos físicos entre competidores, e o que é investigado nada terá de subjetivismo, ao contrário do tal do VAR. Teve um jogo aí que o juiz do VAR errou claramente ao alterar decisão do juiz de campo. Interpretação pessoal!

Se há VAR, no futebol, sou contra. Inventem outro nome para o esporte que foi gerado. E agora querem adotar o piso sintético como norma geral. 

Nilton Santos teria sido punido com cartão e o juiz teria marcado penalty contra o Brasil; Leonardo teria sido expulso pela cotovelada intencional no americano; Maradona teria sido punido pela tentativa de iludir o árbitro e o gol não teria sido validado. Ficaria aqui parágrafos imensos relatando marcações equivocadas que entraram para a história, sem que o futebol perdesse seu encanto, não despertasse paixões alucinantes.

Enfim, para fechar: o Brasil não teria conquistado o título mundial de 1962, a despeito do brilho do Garrincha. Estou fazendo apologia do roubo, segundo linguagem popular?  Não é isso, é que o politicamente correto muitas vezes é inoportuno. Muitas vezes as lendas são melhores do que os fatos. Ou como alguém já decretou, as versões são mais importantes do que os fatos em si.

"Tudo junto e misturado" seguirá. Isso é mesmo uma ameaça. Com perdão da piada surrada, do tempo em que não havia VAR no futebol.

8 de junho de 2019

Seja bem-vinda CNN BRASIL

Notícia alvissareira. Vem aí, no segundo semestre, a CNN BRASIL, que fará concorrência a GLOBO NEWS, no terreno noticiarista.

A CNN já contratou o William Waack para ancorar seu principal noticiário e também o  Evaristo Costa, ambos egressos dos quadros da TV Globo.

A CNN uma das maiores empresas de notícias do mundo será capaz de enfrentar de igual para igual, e até suplantar, o grupo do plim-plim.

Basta lembrar que a emissora enfrenta o Trump lá dos USA. E olha que o topetudo tem poderio econômico, além do status de presidente.


Isto será bom para nós e melhor ainda para os (bons) profissionais da área praticamente condenados a habitar o gueto Globo.

Notícia recente, da conta de que Mauro Naves, afastado de suas funções na Globo, pode aumentar as estatísticas de desempregados. Olha aí CNN!!!

Bons, bonitos e charmosos. Fico no campo feminino: Renata Vasconcellos, que substituiu a altura a bela e competente Patrícia Poeta, que entrara na vaga da vascaína Fátima Bernardes, talentosa e carismática.

Uma das pernas mais bonitas do telejornalismo - as da avó Leilane Neubarth - são um exemplo de desperdício, se é que me entendem. Aos 60 anos.



No seu ofício a Leilane é competente. Lembro que foi ativista das "Diretas Já", a despeito das restrições impostas pela emissora onde trabalhava.

No campo esportivo, o SPORT TV já vem perdendo espaço para a ESPN e o FOX Sports.






Ficar livre do Galvão não tem preço. Por falar em preço consta que o salário dele foi reduzido drasticamente. Claro que a serem verdadeiros os números divulgados, com o que foi cortado eu viveria 10 anos.☺☺☺


Por que não gosto do Galvão? Porque não gosto de donos da verdade, dos que se colocam acima do bem e do mal, dos que querem aparecer mais do que os outros, #  simples assim.

O Luciano do Valle foi um pouco assim também, mas o esporte nacional, principalmente o voleibol, deve muito a ele. 

Os irmãos Marinho precisam assumir que são democratas, mas também capitalistas, e como tais devem rechaçar sempre e com veemência as  tentativas marxistas de tomada do poder. 

Quem me privilegia com a leitura do blog sabe que penso, falo e escrevo isso há anos.


Notas:
1) Um pouco de fofoca e conversa jogada fora tira o foco do circo dos horrores que é o Ministério da Educação. Quantos ministros e assessores já foram trocados em 5 meses? 

2)Sobre a remuneração do Galvão Bueno, veja que pelo conteúdo da matéria no link, ele provavelmente não terá perda financeira. Melhor para ele.

6 de junho de 2019

Quebrando autopromessa




Uma vez mais quebro promessa feita a mim mesmo, de que ficaria quieto em meu canto, sem me estressar, sem ficar nervoso, sem ficar com raiva, muita raiva.

Aqui publicaria amenidades, piadas, fotos de mulheres bonitas, imagens sensacionais, artísticas e ponto final.

Nada de noticiário televisivo, nada de portais de notícias na internet.

E a razão é simples. Estou com comprometimento severo de carótida: 50% no lado direito e 30% no esquerdo. Colesterol e triglicérides nas alturas. Pressão arterial na faixa entre 15/17, com controle medicamentoso. UFA!!!

E aí, com este quadro clínico, sou obrigado a ver e ouvir o Bolsonaro dizer para um público evangélico que está na hora do Supremo Tribunal Federal ter um ministro... evangélico.

Se estivesse em Centro Espírita, acharia que chegou o momento de termos um Pai de Santo no STF? Saravá!!!

Sim, o estado é laico, mas não sendo ateu, pelo sim e pelo não, no preambulo da Constituição Federal está registrado que foi promulgada “sob a proteção de Deus”.

E seu filho dileto (afinal todos somos), está presente num símbolo religioso amplamente difundido - um Crucifixo – encontrável em quase todos os tribunais.

O governo, monocórdio, "samba de uma nota só" no terreno econômico, com sua bandeira "reforma da previdência" que depende 100% do congresso, faz um enorme esforço para complicar a aprovação do projeto.

Ao invés de concentrar forças e energias no citado tema, propõe em concomitância assuntos de somenos, pouco relevantes no momento, e  que por serem polêmicos, acabam por atrair  descontentamentos em vários segmentos sociais e consequentemente do parlamento: liberação de armas de fogo, aumento de pontuação das infrações de trânsito, para fins de retenção das carteiras de habilitação e tantas outras "ideias" inoportunas e intempestivas.

Inclusive, pessoalmente, metendo o bedelho nas cadeirinhas de bebes nos automóveis. Tsk tsk tsk

O ministro da Educação é um performer. Com um guarda-chuva nas mãos encarnou Gene Kelly, sem o talento do grande bailarino e ator americano. Canastrão, exibiu-se de forma bizarra.

Já que falo deste órgão ficcional do quadro político/administrativo do governo, emendo para açoitar a carta-manifesto de ex-ministros da educação, através da qual ditam regras que deveriam ser aplicadas no setor, vital para o crescimento cultural, social e econômico do país.

A carta, patética, recheada de lugares comuns, foi assinada por Murílio Hingel, José Goldemberg, Cristovam Buarque, Fernando Haddad, Aloísio Mercadante e Renato Janine Ribeiro.

Podem rir, é isto mesmo que leram. 

Duvido e faço pouco que você se lembre de cada um deles a frente da pasta da educação. Que legado eles deixaram? Diz uma coisa positiva, umazinha só, que tenham feito de positivo.

Dois poderiam ter passado incólumes por minha memória, por minhas informações, não fosse esta carta agora firmada por eles.

O autor da matéria publicada em https://g1.globo.com/educacao/noticia/2019/06/04/ex-ministros-da-educacao-lancam-carta-em-defesa-das-politicas-de-ensino-do-pais-e-da-autonomia-universitaria.ghtml  escreveu errado o nome do carioca, juiz-forano por adoção, amigo do Itamar Franco.

Quem lembra? A geração universitária da época dele como ministro, guarda boas lembranças?

Peraí, algum ex-ministro que não seja marxista cultural se sente confortável ao assinar manifesto com Haddad, com Mercadante?

Mea culpa. Votei no capitão. Mas acho que se ele tivesse ingressado nas forças armadas como soldado raso, não chegaria a cabo. O curso teria sido penoso para ele. Agora sei porque abandonou a carreira militar e ingressou na política. A política não é seletiva. Ou é menos seletiva. Juruna, Agnaldo Timóteo, Tiririca, Vicentinho e outros da mesma prateleira não me deixam mentir.

Obscuro em sua atividade no congresso, em sete mandatos, era a esperança para apearmos o PT do poder. Podem zoar, eu mereço.

Lá no segundo parágrafo escrevi que este espaço estaria melhor empregado com amenidades, piadas, fotos de mulheres bonitas, imagens sensacionais, artísticas, e ponto final.

Então vamos a elas. A piada? Bolsonaro tem como guru um astrólogo. 😂😂😂 

O que esperar? Torcer para que o universo conspire a nosso favor e haja uma conjunção de Urano e Júpiter, quem sabe nos trará sorte?

Uma amenidade: o bilhete que o menino concebeu e perpetrou, para enganar os pais e faltar a aula. Fez sucesso na rede. Justo e merecido. Foi engraçado, mas alguma providência há de ser tomada. É de cedo que se troce o pepino dizia minha avó. A portuguesa.



Mulheres bonitas? Basta uma que está na moda.


Foto artística? Esta abaixo me arrepiou, sensacional. Parece que o autor é amador. Então foi muito inspirado.



4 de junho de 2019

ITALIA pela primeira vez – Parte 5



Por
RIVA





Observações e dicas finais
Quando planejei ir à ITALIA, dividi-a em 4 regiões : a Toscana, a Costa Amalfitana (sudoeste), a Sicília (sul) e a região do noroeste. Isso para mim significava 4 viagens !

Ah, tá .... E a emblemática Veneza ? .... em qualquer uma das viagens, pois é tudo perto.

Em sendo nossa primeira viagem, meu filho Breno insistiu em conhecermos Veneza e Roma. E assim o fizemos, mas dedicamos 7 dias para a Toscana.

Finda a viagem, posso dizer agora o que concluí ..... Veneza, tinha que conhecer, claro, idem Roma e seus sites históricos.

Mas a Toscana merece uma única viagem, em minha opinião. E era o que eu pretendia inicialmente. Mas tive que incluir as outras cidades.
Valeu ? Valeu, mas ....

Não me impressionei com Veneza nem com Roma, apesar da sua História.

De novo, a maior decepção foi o COLISEU, repleto de andaimes dos restauradores, estragando a paisagem, o “feeling” histórico ... uma broxada. A ARENA de VERONA é muito mais bonita, um mini Coliseu Romano.

A TOSCANA é uma loucura de tão bonita. Realmente, como eu achava, merece uma única viagem à ITALIA.

Entre por Roma, alugue um carro e saia para a TOSCANA por pelo menos 12 noites maravilhosas. Depois volte e devolva o carro em Roma, dedique 2 a 3 dias à cidade para conhecer os pontos históricos principais, jiboiar no bairro Trestevere, e FIM !

Essa a minha dica para realmente conhecer a belíssima região da Toscana.
Que cidades conhecer?

Putz, sei lá, abre o mapa e sai rodando de carro, é tudo perto.
Onde dormir ?

Também sei lá kkkkkkk, tudo é fácil e simples de rodar e dormir.

ASSIS ou ASSISI é imperdível, e é fora da Toscana, fica na região da Umbria, mas é imperdível. Não a deixe de fora.

Conclusão, temos que voltar à ITALIA kkkkkkkkkkkkkkk para ver o que não vimos, ou seja, muita coisa ainda !

Nesse post vamos concluir com fotos e outras “coisitas mais “ :

- não deixe de comprar pela internet ainda no Brasil seus ingressos para os pontos principais de algumas cidades.

- viagens de trens são super interessantes em termos de preço, conforto e tempo de deslocamento. Avalie sempre essa possibilidade.

Nunca esqueça de VALIDAR seu ticket antes de entrar no trem. Isso vc faz numas maquininhas de validação em vários locais.
Se não encontrar, PERGUNTE.

Ficamos TRISTES como o Brasil está na contramão do transporte ferroviário, largamente implementado na Europa e nos Estados Unidos.

- Lei Seca : vai rodar a Toscana ? não sei o que falar, porque a região é para admirar sua beleza, comer e beber.

Nunca li ou vi ou ouvi nada a respeito de multas ou punições sobre teor alcoólico na região, mas é melhor não “dar sopa para o azar”, e se informar mais sobre o assunto.

Na nossa viagem, Breno dirigia e eu bebia kkkkkkkkkkk.

Nessa viagem à ITALIA nos impressionou a qualidade e precisão do transporte público checado no GoogleMaps (ônibus e VLTs), e também a assertividade das previsões do clima nos APPs (será que é mais preciso aqui?), então pode confiar. E é importante checar o clima do dia, para saber que tipo de roupa ou acessório você vai usar durante o dia.

Para finalizar, antes de algumas fotos legais da vg que nós selecionamos, vale pontuar a importante necessidade diária de você definir mais ou menos quantas vezes vc deverá usar os transportes públicos.

Isso para vc definir/decidir se é melhor comprar tickets nas diversas  máquinas para ou cada viagem, ou para o dia inteiro, ou até para um período maior.

Well, estamos aqui à disposição para o que vcs quiserem perguntar sobre nossa maravilhosa viagem para a ITALIA. Vamos às fotos ....











Arrivederci