23 de maio de 2016

NADA A ACRESCENTAR








Ah, se as propriedades, títulos e cargos não fossem fruto da corrupção. E se as altas horarias se adquirissem só pelo mérito de quem as detêm.

Quantos, então, não estariam hoje melhor do que estão? Quantos, que comandam, não estariam  entre os comandados ?



(William Shakespeare, em O Mercador de Veneza).

4 comentários:

Jorge Carrano disse...

Nomear o Jucá foi um erro.

O Temer vai se enfraquecendo e fragilizando com equívocos absurdos.

Se seu programa econômico não for aceito e aprovado, bau-bau.

Carlos Frederico disse...

É...
De que terá valido o esforço de exterminar os vermelhos se o Temer colocar tudo a perder, não? Já pensou a Dilma de volta? Caos total!

Jorge Carrano disse...

Trechinho curto do dialogo que compromete o Jucá. O interlocutor é Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro:

MACHADO - Queiroz [Galvão] não sei se vai fazer ou não. A Camargo [Corrêa] vai fazer ou não. Eu estou muito preocupado porque eu acho que... O Janot [procurador-geral da República] está a fim de pegar vocês. E acha que eu sou o caminho.

[...]

JUCÁ - Você tem que ver com seu advogado como é que a gente pode ajudar. [...] Tem que ser política, advogado não encontra [inaudível]. Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra... Tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria.

Jorge Carrano disse...

E as ocupações continuam.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/05/1774200-com-apoio-de-famosos-ocupacoes-do-minc-seguem-em-ao-menos-18-capitais.shtml

A lei Rouanet precisa ser regulamentada porque projetos com fins lucrativos não podem receber financiamento. Senão pagamos duplamente, ou seja, com nossos impostos e também na bilheteria.