18 de maio de 2016

Cotas para as mulheres e artistas baderneiros

Dois temas estão dominando as manchetes dos jornais e telejornais. São eles: cotas para as mulheres no primeiro escalão do governo e a área da cultura perder o status de ministério.

Vou começar pela segunda. O governo não está acabando com as políticas voltadas ao incentivo, apoio e financiamento de manifestações culturais.

Apenas deliberou que o setor será gerido por uma secretaria, o que enxuga os custos operacionais (burocráticos), implicando mais disponibilidade de verbas para os programas culturais aprovados.

Mas alguns "artistas" não querem isso, eles querem um ministério. Não é novidade, no Brasil e no mundo, desde priscas eras, que artistas e intelectuais, em sua maioria, são de esquerda. É  o velho clichê.

Desserviço que prestam ao Brasil noexterior

Só que enquanto ficavam no verbo, aproveitando o espaço que a mídia lhes proporciona, questionando e protestando, estava tudo bem.

Mas agora transformaram-se em baderneiros, equiparando-se aos vândalos do MST e invadindo prédios públicos.

Pobre país o nosso!

Quanto à presença de mulheres no ministério, reclamada por algumas jornalistas que acham legal serem moderninhas e de esquerda, lembro que no país que tanto apreciam as mulheres ainda lavam o chão das repartições públicas (quando tem sabão, que anda em falta).


Assim como não erguem suas vozes para condenar os paredões onde foram sumariamente executados os opositores do ditador Fidel, não reclamam  da falta de mulheres no (des)governo comunista da ilha.

Buena Vista, por sinal ótima banda

Por que não vão morar lá? Chico poderia se incorporar ao Buena Vista Social Club e Sonia Braga fazer comercial dos charutos cubanos. 

Bom papel para Sonia


4 comentários:

Jorge Carrano disse...

Que vergonha!
Peço perdão aos que leram antes de serem corrigidos os erros de gênero, número e grau, apontados pelo Paulo e identificados a posteriori pelo escriba.

Jorge Carrano disse...

Dissipada a dúvida, Renan Calheiros ficou a o lado dos artistas e acha que ministério é fundamental.

Com tal apoio fica demonstrado a acerto da medida de fundição de educação e cultura.

O demagogo aproveitou o espaço para fazer média e ganhar holofotes.

Se Calheiros aprova, suspeito. Só que no caso específico já não tinha dúvida alguma.

Jorge Carrano disse...

Serra corrige os rumos da política externa:

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/05/ao-tomar-posse-serra-diz-que-quer-tirar-itamaraty-de-penuria-financeira.html

Carlos Frederico disse...

Cunha depõe.
Putz... É um cara de peroba do campo lustrada e consegue dar nó em pingo d'água. Tem inteligência muito acima da média de modo que a acusação terá de ter provas muito convincentes para lhe derrubar o depoimento.