27 de junho de 2016

A vergonha seguida de dor

Em 1950, foi Danilo, nosso "príncipe", excelente centre-half, como então era chamado o volante de armação, ou centro-médio, chora a perda do título mundial, no Maracanã.

Danilo deixa o gramado amparo por um locutor esportivo

Em 2016, o jogador eleito o melhor do mundo por cinco vezes, com toda justiça, diga-se, goleador indiscutível, chora a perda do tiro livre da marca do pênalti, e com ele a possibilidade do título, que nunca conquistou pelo seu país.

Vergonha, dor ou somente raiva?
Isto lembra o Vasco, por alguma razão? Será pelos três vices?


13 comentários:

GUSMÃO disse...

Pô, cara, você não torce pelo Vasco?

Jorge Carrano disse...

Tristeza e dor.

http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/brasil-mundial-fc/post/capa-do-ole-estampa-dor-de-messi-e-campanha-para-permanencia-nao-se-va.html

GUSMÃO disse...

Nossa vergonha, ocorrida em 1950, já foi superada pelas derrotas de 7X1 para a Alemanha e 3X0 para a Holanda, na mesma Copa de 2014. No outro dia ser eliminado num grupo com Peru, Haiti e Equador foi demais da conta.

Carlos Frederico disse...

Deu a lógica: Inglatera fora.

Ficará na história a comemoração do time da Islândia regendo o coro viking com toda a torcida.

Jorge Carrano disse...

Emocionante!

Jorge Carrano disse...

Esta vitória da Islândia e a conquista do Leicester, na Premier Leage, são os dois acontecimentos futebolísticos do ano.

Ana Maria disse...

Não entendi a postura do Messi se afastando da seleção argentina. Ele está punindo quem?

Riva disse...

Ana, vou tentar explicar.

Guardadas as claras e devidas proporções, joguei bola em Master Society por 21 anos, e era o que chamam de "cabeça de chave" na formação dos times antes do campeonato iniciar. Isso porque jogava bem e separavam os "bons" para não jogarem no mesmo time.

A responsabilidade é enorme. Você tem que jogar bem todos os jogos se não quiser ser criticado, tem que fazer gols, brilhar e carregar o time.

Não posso citar aqui as estratégias que eu usava para me sentir melhor antes de um jogo qualquer. São muito pessoais. As decisões - e foram muitas - eram muito cruéis. Todo mundo olhando, obervando, e a vitória era tipo obrigatória.

Muito peso carregam nas costas os bons jogadores. Imagina no futebol profissional, que é a profissão do cara, que mexe com uma torcida apaixonada enorme, que envolve grana ! Que gera expectativa nos companheiros do time. É muita coisa, pode ter certeza.

Messi tentou. Conquistou tudo que se pode conquistar num clube de futebol, mas não deu na seleção. E sabe por que ? Porque na seleção não se joga como num clube, como no Barcelona. Ele janais renderia em todos os jogos o que rende solto em campo pelo Barcelona.

Deve estar se sentindo muito mal, não só por ter perdido pela 4ª vez, mas por ter contribuído diretamente na derrota com o penalty perdido.

Se realmente se livrar desse peso, vai jogar muito mais bola no Barcelona. Pode apostar nisso. E vai ser mais feliz. A seleção é página virada pra ele.



Jorge Carrano disse...

Será mesmo Riva? São muitos os apelos para que ele reconsidere.
A página virada poderá ser revirada.
De minha parte quero vê-lo no Barça ou (sonho) no Arsenal, mas não na seleção argentina. Afinal com ele fica mais difícil a gente ganhar deles.

Ana Maria disse...

Agradeço Riva por sua tentativa. Até entendi seus argumentos, plenamente justificáveis no seu caso.No caso do Messi a pressão pela expectativa e responsabilidade é proporcional ao seu salário. Com o que ganha poderia contratar psicólogos ou profissionais de coaching que o capacitassem a superar as tais pressões.
Desculpem minha ignorância no assunto, mas o erro fatal do jogador nada teve a ver com o entrosamento da equipe que por sinal, na opinião de vcs tem um bom nível. O que vi pela TV foi uma enorme displicência na batida do penalti.

Jorge Carrano disse...

O Brasil é o único pais que perdeu duas copas sendo sede da competição.
É, também, o único a levar uma goleada (7X1) numa semifinal.

Quem se lembra do Baggio, em 1994? Cometeu o mesmo erro do Messi.

http://trivela.uol.com.br/baggio-o-penalti-da-final-da-copa-do-mundo-de-1994-ainda-me-assombra/

Jorge Carrano disse...

Os jogadores do Barcelona se deram mal na Eurocopa e Copa América: Messi, Piquet, Jordi, Busquets, Mascherano, Luiz Suarez, Neymar, Iniesta e sei lá mais quem.

Todos fracassaram.

Jorge Carrano disse...

Fica Messi.

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2016/06/28/como-a-argentina-se-mobiliza-para-tentar-manter-messi-na-selecao.htm