14 de dezembro de 2015

Verba volant scripta manent




Quando a gente se expõe, num post ou mesmo e um comentário, corre riscos imensos quando o escrito  vai parar na grande rede.

É bem de ver que parentes que nos conhecem de longa data, desde os tempos das fraldas, assim como ex-colegas de bancos escolares com os quais convivemos parte da infância, contemporâneos da faculdade e amigos em geral que conhecemos em locais de trabalho, clubes e esquinas da vida sabem sobre nós o suficiente para descobrirem se estamos, ou não, mentindo, quando assumimos publicamente que fizemos e acontecemos, somos assim ou assado, enfrentamos ou não enfrentamos.

Ora, isso implica desde pequenas mentiras, tais como dizer-se amante da leitura, quando seus familiares sabem que você não passa de um leitor bissexto e só se dedica a leituras pontuais ou midiáticas.

Passa, também, por fanfarronices relacionadas  à liderança em colégio, no clube, nas quadras de esportes e nas empresas nas quais trabalhou.

Vai além, e é muito pior,  quando se blefa no respeitante ao amor, dedicação e atenção para com os filhos e a mulher com a qual se compartilha a vida.

Mentir é feio em qualquer circunstância; mas mentir na internet é um risco muito grande. Tem muita gente monitorando.

Uma boa proposição, destas que a gente faz em finais de ano, seria nos assumirmos como somos, com nossas fraquezas, nossos medos, nossa acomodação diante dos fatos da  vida, nossos gostos duvidosos.

Representar papel é coisa de ator, não de pai, marido, avô ou amigo. Devemos SER pai, avô, marido ou amigo, em cada momento, não representar estes papeis.


Autenticidade já!

8 comentários:

Riva disse...

Não sei o que houve para provocar um post do nosso Manager com esse conteúdo, mas o alerta é válido. Muitos esquecem que o nível de exposição da web é monstruoso, e cruel ... sometimes rss.

Portanto, a web valida 1000% o velho provérbio das pernas curtas da mentira.

Às vezes um email já provoca um imenso mal entendido devido à forma do texto ! Imaginem então no que se transforma uma mentira ! Se transforma em verdade, ou numa super mentira elevada à mais alta potência.

Infelizmente vivemos tempos de MENTIR, descaradamente, capitaneados pela Mentirosa Mor, a nossa Rainha Azarada. Como mentiu !! E continua mentindo suas mentirosas mentiras mentirosas !!

E com seguidores .... ou seja, uma espécie da institucionalização da MENTIRA, que pelo teor do post, contagiou até o nosso Blog ?!

Uma dúvida : as mentiras podem ser classificadas quanto à sua "dimensão", ou mentiras são mentiras e pronto ?

Jorge Carrano disse...

Trabalhei com um italiano, chamado Lorenzo Petrucci (falecido), grande figura. Ele inventou a categoria da "mentira piedosa". Fácil entender como e quando se aplicaria.
O Petrucci tinha uma história de vida muito rica. Exposto à guerra (2ª Mundial), em sua aldeia natal, um estilhaço de bomba atingiu sua perna e a deixou defeituosa. A família tinha recursos para comprar comida,mas não havia o que e onde comprar. Fome não houve porque comiam o que plantavam e criavam.
Vendedor (excelente) num grande laboratório farmacêutico, protagonizou um caso que jamais esqueci porque dizia respeito a uma área de atuação minha no passado (Recursos Humanos. Foi assim. O laboratório (Bristol) resolveu implantar um programa motivacional. Contratou uma psicologa especializada para tal fim. Começaram pela área comercial. Antes do treinamento entrevistas individuais.
Ela, conversando com o Petrucci, começou a falar sobre motivação, incentivo, ambições pessoais. Não mais que de repente ele interrompeu o blá, blá blá e disse que gostaria de fazer uma pergunta. Pois não, disse a psicóloga. Quantas casas a senhora tem? O silêncio curto foi decorrente da surpresa da pergunta. Ele mesmo emendou: pois é eu tenho duas. A que eu moro, perto do Morumbi, e um apartamento que está alugado.Comprei com minhas comissões e prêmios por superar metas de vendas.
Ele não passaria em nenhum teste psicotécnico porque tinha pouca cultura (nunca aprendeu o português, mas esqueceu o italiano da infância) e seu raciocínio era muito peculiar.
Resolvi falar do Petrucci para atenuar a tensão provocada pelo post.

Ele adorava (claro) queijos. Um dia, tomávamos um cerveja e ele pediu provolone. Deu uma dentada e comentou: acabo de engolir oito cruzeiros.

É ou não é um personagem e tanto? E criou a mentira piedosa.

Mas há (ou havia) em meus tempos de adolescente, uma mentira deslavada, categoria 171, que era essa: não vai doer, será só a cabeça.

Riva disse...

Amigo, vc já teve cachorro e sabe como é quando ele resolve brincar com o próprio rabo ...... kkkkkkkkkk

Pára de rodar ! O que motivou esse post ? rsss Com certeza não foi a Rainha Azarada !

Jorge Carrano disse...

Como disse um amigo em outro post: Non omnia quae vera sunt recte dixeris ....

Riva disse...

Esse jogo de xadrez em Brasília é dos mais imprevisíveis que já assisti.

Fiquei impressionado com o placar de 11x9 contra o CUNHA na votação do Conselho de Ética. Sim, porque independente de regulamentos, etc, eu queria ver um 20x0 ou um 18x2, e por pouco, a coisa não emperra !

E o pior é que os 9 tinham uma "certa" razão, pois o Conselho de Ética estava votando contra um cara que ainda não foi condenado, embora TUDO indique sua culpabilidade.

A vontade de arrasar logo com essas ratazanas é tão grande, que ela se mistura com a gana pelo poder. Dizem que TEMER já desfila pelos corredores com aquele estranho olhar de Rainha Elizabeth .....

Ele que fique esperto também !

PS : as mulheres definitivamente nos abandonaram ..... por aqui.

Jorge Carrano disse...

Dilma ainda mantém apoio de impressionantes 9% de pesquisados.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/12/governo-dilma-tem-aprovacao-de-9-e-reprovacao-de-70-diz-ibope.html

Carlos Frederico disse...

Dilma cada vez mais solitária em seu gabinete. Afinal, em política, quem é que gosta de ver seu nome atrelado a quem está afundando? Ratos começam a abandonar o navio.

Riva disse...

O TITANIC foi-se em quase 2 horas, arrastando 1.500 pessoas para 4.000 metros de profundidade.

Nosso navio BRASIL BANDIDO se arrasta, mas não afunda ! Isso vai levar meses.

PS : kd as mulheres ?