1 de dezembro de 2015

Pesquisa

Estive em Londres e em Berlim, duas das cidades de maior média de público presente em estádios, consequentemente redutos de torcedores apaixonados por futebol.

Estádio Olímpico de Berlim
Conhecem e idolatram Messi, Cristiano Ronaldo,  Müller, Rooney, Neuer e, sim, Neymar. Alguns mais idosos lembram de talentos do passado,  tipo Meyer, Zidane, Ronaldo, Pelé, Maradona, Di Stefano, Puskas.

Resolvi fazer uma pesquisa, aproveitando contatos informais com garçons, taxistas, balconistas, funcionários de hotéis, etc. para saber se conheciam ou tinham ouvido falar no Flamengo.

Eis, em síntese bem objetiva, alguns diálogos. Não vou identificar os interlocutores, porque serão alguns dos prestadores de serviço já mencionados, todos torcedores de clubes locais. As cidades, como mencionei, foram Londres e Berlim.


Blog: Por favor, você gosta de futebol?
Entrevistado: Sim amo de paixão.
Blog: Já ouviu falar no Flamengo?
Entrevistado: How’s that again?
Blog: Flamengo.
Entrevistado: Ah! Sure! É uma ave pernalta, de bico encurvado,  de cor rosada, de natureza gregária  e que habita, que habita, em grandes bandos, zonas aquáticas, pois se alimentam de algas e pequenos crustáceos.
Blog: Não, eu não falo destas aves. Falo de um clube de futebol.
Entrevistado: Sorry! Excuse me my mistake.


Outra pessoa, agora uma mulher.
Blog: Bom dia! Por acaso você acompanha futebol, tem algum time de predileção?
Entrevistada: Bom dia! Gosto muito. Eu e meu noivo vamos com frequência ao Estádio Olímpico (ela mencionou  Olympiastadion).
Blog: Conhece o Flamengo?
Entrevistada: Conheço e em meus tempos de menina cheguei a frequentar aulas desta dança. É um ritmo de música e dança de origem  cigana e mourisca. É muito popular na região da Andaluzia, na Espanha. É bonita de ver esta dança.
Blog: É verdade, tive oportunidade de assistir a um show folclórico  quando visitei a Espanha. Mas não é da dança que falo, é de um clube muito popular no Brasil, onde jogou o Zico.
Entrevistada: Zzzzico? É assim que se pronuncia? Quem é?
Blog: Esquece, não é importante.

Ao voltar para meu hotel conversei com o taxista, um bem-humorado porto-riquenho.

Ilha de Culebra - Flamenco Beach
Blog: E futebol, José, você gosta. Em Porto Rico tem bons times?
Entrevistado: Sou fissurado por futebol, tentei ser jogador, mas um problema no joelho me impediu de seguir jogando. Aqui torço pelo West Ham, clube tradicional que revelou Frank Lampard, Joe Cole, Glen Johnson e outros grandes jogadores que chegaram a seleção.
Blog: Eu conheço o West Ham , conhecido como a Academia do Futebol, embora seja coisa do passado. Aqui torço pelos gunners.
Entrevistado: São dois clubes de muita história no futebol.
Blog: Certamente você já ouviu falar de Flamengo.
Entrevistado (com largo sorriso): E como não! É uma das paias mais belas do mundo. Você conhece?
Blog: Você está falando da praia do Flamengo, no Rio de Janeiro?
Entrevistado: Não falo da Flamenco Beach ou Playa Flamenco, que fica na ilha de Culebra, no meu país, Porto Rico.
Blog: Eu estava perguntado sobre um clube chamado Flamengo, do Brasil.
Entrevistado: Brasil, sim, Pelé. Formidável.
Blog: O Flamengo parece que tem 30 milhões de torcedores e seria o time mais popular do Brasil.
Entrevistado: Trinta milhões de torcedores? Isso é dez vezes mais do que a população de Puerto Rico. Nem caberiam na ilha (lol).
Blog: Pois é, mas você nunca ouviu falar dele.

Vejam vocês o absurdo, o cúmulo da incompetência dos dirigentes de futebol deste clube e do país. O Brasil tem 204 milhões de habitantes, no entanto ... 

Nota do editor: a intenção era sacanear os rubro-negros. Mas enriquecemos com um pouco de cultura geral e encerramos com uma dolorosa verdade.

13 comentários:

Anônimo disse...

kkkk. Muitos aqui no Brasil também não conhecem o Flamengo. Só o "Framengo"!

Jorge Carrano disse...

Vamos tirando sarro enquanto não estamos, oficialmente, rebaixados.

Anônimo p disse...

Quando comecei a ler o post pensei que o Blog Manager estava viajando pela Europa !!! Mas aí a ficha ( os framenguistas, como citou o Anônimo, escrevem fixa) foi caindo, ao longo do post, uma nítida sacanagem com o Mengo ! rsss

Mas sério; quando vão abrir o jogo do jabá LUSA-MENGO 2013, que evitou a Série B do Mengo?
O pior é saber que o advogado do Fluminense, amiguinho do advogado do Mengo, sabe de tudo e está quieto até hoje !!! E aqui não aparece ninguém para debater esse açunto !! hahahaha





Jorge Carrano disse...

Caro Anônimo,
Obrigado por atender ao pedido do manager colocando identificação. Assim separamos o joio do trigo, sem precisar censurar todos os comentários anônimos.

Quanto a Portuguesa, veja onde foi parar:

Clubes da Série C 2016 - 3ª Divisão do Campeonato Brasileiro de futebol de 2016
Série C 2016 - Participantes confirmados:
ABC
América-RN
ASA
Boa Esporte
Botafogo de Ribeirão Preto
Botafogo-PB
Confiança
Cuiabá
Fortaleza
Guarani
Guaratinguetá
Juventude
Macaé
Mogi Mirim
Portuguesa
Remo
Ríver-PI
Salgueiro
Tombense
Ypiranga de Erechim

Jorge Carrano disse...

O que esperar destas pessoas?
Palavras como dignidade e caráter passam ao lago do vocabulário deles.
Devem apoiar Cunha, Renan e Calheiros. São reflexo dos exemplos Lula e Dilma.
Se um dia tiverem filhos (coitados) o que ensinarão sobre honradez? Atitude antidesportiva é deformação de caráter.

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2015/12/torcedor-do-fluminense-polemiza-ao-levar-bandeira-ao-treino-entrega.html

Carlos Frederico disse...

Entornou o caldo!!!
Começou o jogo à vera!!
Cunha perdeu a paciência e chutou a mesa! Tem carta voando pra tudo quanto é lado!

Jorge Carrano disse...

Já tem post sobre o tema, caro Freddy.

Riva disse...

CARACA !! Acabo de ver o Mauro Cezar da ESPN sugerir que jogadores de renome se recusem a jogar pela CBF enquanto as ratazanas não saírem !!!!

Falo isso há tmpos no Twitter !!!!!

PARABÉNS, e vou aplaudir de pé se algum jogador tiver essa atitude.

Jorge Carrano disse...

Caro Riva, O Brasil ficaria fora de todas as competições internacionais, porque JAMAIS teremos dirigentes incorruptíveis e competentes.
Platini e Beckenbauer, tidos e havidos como figuras impolutas, caráter sem jaça, estão aí mesmo para confirmar. O meio corrompe. O poder corrompe.

Riva disse...

Mas o Brasil jogaria, mas não com os principais jogadores, que se recusariam a vestir a camisa.

Jorge Carrano disse...

Você quer criar castas entre os jogadores de futebol?
De um lado os que têm dignidade e não jogariam pela seleção nacional; de outro lado os sem caráter que se submeteriam aos dirigente corruptos.

Riva disse...

Exatamente como é o retrato do Brasil hoje ..... isso !
Vagabundos e Mercenários X Gente de caráter

Jorge Carrano disse...

Aproveito que o Riva falou de caráter para explicar melhor aos que não entenderam minha ironia em relação ao jogador Vinicius, do Fluminense.
Aquele mesmo que admitiu "entregar o jogo", ou seja, não se empenhar para a vitória do SEU time, para prejudicar o Vasco.

Fico com pena da mãe dele. Nove meses de gestação, noites insones, mamadeiras e tricas de fraldas o dia inteiro, conselhos, recomendações e, no final, deu no que deu: falta de caráter.

Alguém que admite não se empenhar numa competição desde que seja para prejudicar outrem não tem um mínimo de dignidade.

Estas pessoas estão à venda.