29 de abril de 2016

Bandido favorito de Roberto Jefferson

Eduardo Cunha é o bandido predileto do ex-deputado Roberto Jefferson.

Ouçam da própria voz do homem que desencadeou o mensalão, quando ele diz que Lula encontrou em Cunha um bandido da mesma cepa, da mesma estirpe, do mesmo naipe, da mesma casta, da mesma índole.


As imagens que circulam nas redes sociais mostram uma certa condescendência com o presidente da Câmara dos Deputados.





13 comentários:

GUSMÃO disse...

Não é que o Jefferson tem razão?

Ouvi o depoimento.

Ana Maria disse...

Na minha humilde opinião, as mensagens contidas nas imagens, correspondem à realidade.
Atentemos para as prioridades. Quem está causando um mal maior ao país?
O binômio Dilma/Lula ou o Cunha?
A meu ver, o presidente da Câmara, em relação a seus crimes, é um efeito colateral do mal causado pelo projeto do PT

Riva disse...

Vi a porta aberta, e então entrei aqui no Pub da Berê pra tomar uma, e pra dizer que sinto cheiro de peixe podre no Senado.

Sei não ........

Bom fim de semana a todos !

Jorge Carrano disse...

Bom final de semana para você e para a matriarca vascaína. Com o Flu fora imagino que você fique solidário com ela.

Riva disse...

100% solidário. Na verdade sinto até uma pontinha de prazer vendo o Vasco jogar, porque gosto de times determinados a vencer de qqer maneira, mesmo que tenham suas limitações.

PS : o GUM já tem mais títulos que o Botafogo !

Jorge Carrano disse...

Valeu!!!

Carlos Frederico disse...

Riva, minha pizza margheritta continua guardada pronta no freezer, "just in case..."

Concordo que no momento o Cunha é um mal necessário.
A prioridade é estancar a maré vermelha: PT, PC do B, MST, CUT e assemelhados.
Aproveitando, mais uma vez eu pergunto: como foram permitir a existência de partidos comunistas no Brasil? Quem estava dormindo nessa hora?

Depois, só depois, a gente começa a tratar do restante, que não é pouco. A prioridade continua sendo o combate à corrupção, e acho que manter um olho na situação da população carente fará um bem imenso à nossa consciência e à estabilidade do novo governo.

Jorge Carrano disse...

Freddy,
A existência de um partido comunista não implica necessariamente em que o país adote o regime como o de governo e orientação.
Veja nos USA, por exemplo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Partido_Comunista_dos_Estados_Unidos

Jorge Carrano disse...

O PCB, o mais antigo partido de esquerda no Brasil (alias o mais antigo de todos em atividade), já foi proibido algumas vezes. Em 1927, o partido voltou a ser legal e conseguiu eleger seu primeiro deputado, Azevedo Lima. No mesmo ano o PCB voltou a ser considerado ilegal, voltando à atividade apenas em 1945.
No período inativo, o partido atuou na clandestinidade, de forma ilegal, e teve como líder o mais conhecido de seus militantes - Luís Carlos Prestes.

O comunismo não assusta. Ao contrário do propagado no passado, eles não comem criancinhas (rsrsrs).

Dois notórios comunistas foram muito populares e queridos. Eu mesmo simpatizava muito com os dois: Jorge Amado e João Saldanha.

Entre outros.

Carlos Frederico disse...

Depois de ler como foi consolidada a revolução comunista na Rússia e adjacências, até as atrocidades nazistas me pareceram corriqueiras...

Jorge Carrano disse...

Pois é, Freddy, há quem questione porque é legal o partido comunista, mas não aceitam o nazismo como partido organizado.

Jorge Carrano disse...

Do Ricardo Noblat:

"A Lava-Jato dispõe de indícios e provas suficientes para prender Lula por obstrução da Justiça, ocultação de bens em nomes de terceiros e recebimento de dinheiro por palestras que não fez. Lula só não foi preso ainda porque o Supremo Tribunal Federal avocou a responsabilidade de decidir o futuro dele, uma vez que Dilma o havia nomeado ministro. Em breve, pode mandar prendê-lo. Ou deixar que o juiz Sérgio Moro o faça."

Jorge Carrano disse...

Cunha balançou, balançou ... e caiu.
Dificilmente o plenário modificará a decisão liminar do min. Teori.