5 de dezembro de 2016

Em paz com minha consciência

Houve um chamamento.



Em quase todo o país muitos atenderam.

Edição de 05.12.2016







Não sou eu nesta foto abaixo, mas poderia ser. Também acho que precisamos que nossas vozes sejam ensurdecedoras.





Achei importante engrossar o coro de vozes. Neste momento abaixo documentado estava em outro ponto da praia. Mas com o mesmo sentimento de revolta.


video

Vale notar que o Judiciário, que durante algum tempo era respeitado, agora caiu na vala comum. Vejam a hostilidade em Niterói. E muitos cartazes país afora sobre ministros do STF.

5 comentários:

Riva disse...

Apoio total aos movimentos.

Quantos mais forem ou puderem ir para engrossar o coro, mais contundente será o resultado.

Aguardemos os efeitos de ontem na votação de amanhã no SENADO. Estou ansioso pela atitude dos que votarão.

#simplesassim 1

PS: meu filho Breno retorna hoje com a namorada para a Europa, depois de passar alguns dias conosco, de férias. Ela, alemã, volta maravilhada com tudo que viu, experimentou e sentiu no Brasil, sob todos os aspectos.

Esse é um aspecto interessante para debates posteriores, sobre o que vivenciamos quando viajamos para outras culturas. Muitos vão 100% como turistas, outros, como eu e como ela, vêm para vivenciar o dia a dia de um cidadão local.

#simplesassim 2





Riva disse...

Quem estiver com a consciência pesada, leia a letra dessa música da PLEBE RUDE, em outro contexto, mas que se aplica a qualquer contexto ....

https://www.vagalume.com.br/plebe-rude/ate-quando-esperar.html


TUDO É NOSSA CULPA .... como se fôssemos omissos e/ou beneficiários de todo o merdalhal ....

#parareflexão



Riva disse...

Um BRASIL DE MERDA

Saia quem puder !!

Jorge Carrano disse...

Como não posso sair, fico e combato com as minhas armas disponíveis.
Participo dos movimentos sociais afinados com minha ideologia. Assino manifestos, requerimentos, propostas de leis, desde que estejam de acordo com meu pensamento.
Vou as passeatas, visto camisas, sopro apitos, respondo às palavras de ordem, canto o Hino (às vezes até me emociono).
Escrevo para as redações de jornais e revistas expressando minha opinião (tenho mais de uma centena de cartas publicadas no Estadão, no Globo, na Folha de São Paulo na Veja).
Então penso que não sou um acomodado. Meus bisnetos jamais poderão me imputar ter sido omisso. Faço o que posso, inclusive motivando outras pessoas a que também elevem suas vozes.
Eu posso adjetivar o país, posso dizer "Brasil bandido", porque não sou conivente, não silencio, protesto e contesto.

Jorge Carrano disse...

Empédocles, o filósofo pré-socrático, achava que tudo era formado por quatro elementos: terra, água, ar e fogo. E duas forças que agregam e desagregam: atração e repulsão.
A atração ele chamava de amor e a repulsão chamava de revolta.
O amor e a revolta disputam o universo, e o amor está perdendo porque a vida é bestial e o caos reinará.


Trecho do livro (eBook) “Portal para o mar”, nas palavras do manager blog.